Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Itaú e Santander terão que restituir 430 milhões a clientes

30 maio 2011 - 08h01

Após recomendação do Ministério Público Federal, o Itaú Unibanco começou a enviar cartas aos clientes para fazer a restituição da Comissão de Manutenção de Crédito (CMC), referente à cobrança de tarifa do cheque especial, no período de dezembro de 2008 a maio de 2009.

Desde março, o MPF, enviou recomendações ao HSBC, Santander e Itaú Unibanco para que fizessem as restituições. Um total de R$ 430 bilhões obtidos com tarifas cobradas indevidamente entre 2008 e 2010. Algo em torno de R$ 98,03, corrigidos pelo IPCA, para cada cliente.

Caso não atenda a recomendação do Ministério Público, os bancos serão acionados judicialmente por descumprimento à regulamentação do Banco Central, que, inclusive, se manifestou sobre a ilegalidade da cobrança.

O Santander se dispôs a ressarcir somente a quantia cobrada e tem um plano de devolução já em andamento. O crédito seria feito em conta corrente. Mas, o MPF rejeita a proposta, pois a resolução do Banco Central, que rege a regularidade das cobranças, já estava em vigor.

Segundo o Ministério, o Itaú Unibanco cobrou e se negou a devolver R$ 26,50 de multa por cada cheque devolvido entre abril de 2008 e maio de 2009, o que rendeu ao banco um lucro de R$ 64,2 milhões. Além disso, debitou irregularmente R$ 100,8 milhões por meio da Comissão sobre Operações Ativas (COA), entre maio de 2008 e abril de 2010. A empresa se prontificou a restituir apenas os valores cobrados a partir de setembro de 2009.

A recomendação do MPF se baseia em inquérito civil público, que apurou uma determinação do Banco Central. Pelo documento, o REOC, o COA e a devolução de cheques não são passíveis de cobrança.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Paolla Oliveira relaxa durante banho de mar: "água é vida"
SAÚDE
Após determinação do STJ, João de Deus é transferido para hospital
FUTEBOL
Uefa abre processo disciplinar contra Neymar por ofensa a ábitro
REFORMA
Devedores contumazes da União poderão ter CNPJ cancelado
UEMS
Curso de Libras Básico I abre inscrições na próxima segunda-feira
DANOS MORAIS
Justiça condena promotor a indenizar ex-presidente Lula em R$ 60 mil
JUSTIÇA
Shopping é condenado por danos morais em acusação falsa de furto
FÁTIMA DO SUL
Mulher é presa acusada de simulou sequestro para a própria família
TECNOLOGIA
Anatel inicia bloqueio de celulares 'piratas' em 15 estados no domingo
CAPITAL
Homem tenta matar a irmã com golpes de facão e acaba preso

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia