Menu
Busca domingo, 20 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Inviolabilidade do membro do MP não é absoluta

14 junho 2011 - 14h50

A inviolabilidade do membro do Ministério Público não é nem absoluta, nem irrestrita. Este entendimento levou a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça a manter Ação Penal contra promotor acusado de caluniar advogado durante Tribunal do Júri. Para o colegiado, a defesa do promotor não conseguiu demonstrar que ele não sabia que as acusações feitas eram falsas.

Ao analisar o caso, a Justiça do Rio Grande do Sul concluiu que a inviolabilidade do promotor não é absoluta. Na visão do tribunal gaúcho, as supostas ofensas do promotor ao acusar o advogado do réu de ter praticado crime de falsidade ideológica e ser defensor de um dos maiores traficantes do estado deveriam ser aprofundadas em Ação Penal.

No recurso levado ao STJ, a defesa do promotor trouxe um segundo ponto: de acordo com ela, a queixa apresentada contra seu cliente deveria também ter sido apresentada contra a promotora que o acompanhava na sessão e apresentou notícia-crime contra o advogado por falsidade ideológica. Na falta da coautora, teria ocorrido renúncia ao direito de queixa por parte do advogado.

Sobre esse último pedido, o ministro Napoleão Maia Filho registrou que a apresentação de notícia-crime pela promotora com base nos mesmos fatos não levaria a eventual coautoria na calúnia. Na hipótese de ela ter conhecimento da falsidade das alegações, caberia a denunciação caluniosa, e não calúnia. Enquanto a primeira é praticada contra a administração da Justiça, a segunda atinge a honra individual do ofendido.

Com informações da Assessoria de Comunicação do STJ.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Rematrícula para acadêmicos veteranos começa nesta segunda-feira
PEDRO JUAN
Polícia apreende carregamento de armas de grosso calíbre na fronteira
LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 38 milhões
PESCA PROÍBIDA
PMA fará campanha para orientar pescador sobre o rigor da lei do dourado
MOVIMENTAÇÃO BANCÁRIA
Relatório do Coaf mostra que Flávio Bolsonaro pagou título de R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Provas do concurso público do IFMS serão aplicadas neste domingo
FRONTEIRA
Jogador de futebol, ‘Alicate’ é executado com 26 tiros de fuzil
TEMPO
Domingo nublado com possibilidade de chuva em Dourados
UAUUUUU!!
Calor faz Vanessa da Mata surpreender com biquíni fio dental e corpão
AQUIDAUANA
Bêbado colide carro em muro de residência e fica ferido

Mais Lidas

DOURADOS
Homem furta loja do shopping, alarme dispara e ele acaba preso
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Discussão entre casal termina com mulher baleada em Dourados
CAMPO GRANDE
Bandidos que morreram em confronto com a polícia são identificados
DOURADOS
Assaltante agride mulher para roubar moto, mas desiste após não conseguir dar partida