Menu
Busca terça, 28 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
BRASIL

Horário de verão começa já no próximo domingo

08 outubro 2017 - 10h15Por Portal Brasil

Na madrugada do dia 15 de outubro, os brasileiros devem adiantar o relógio em uma hora devido ao horário de verão. A mudança é adotada por 11 estados até 18 de fevereiro de 2018. O ajuste vale para os moradores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Com a mudança no relógio, o leste do Amazonas e os estados de Roraima e Rondônia ficam com duas horas a menos em relação ao horário de Brasília, enquanto Acre e oeste do Amazonas ficam com três horas a menos.  

O objetivo é aproveitar o maior período de luz solar possível para economizar energia.

O chefe da Divisão do Serviço da Hora do Observatório Nacional (ON), Ricardo Carvalho, explica que a diferença de tempo entre o nascer e o pôr do sol durante o verão é maior nas áreas distantes da linha do equador, que divide a Terra entre os hemisférios Norte e Sul. É o caso das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil.

“Quanto mais ao Sul, os dias tendem para uma maior variação ao longo do ano, sendo mais longos no verão e mais curtos no inverno. Por exemplo, em 1º de julho, no Rio de Janeiro, a duração do dia foi de 10h45, enquanto em Porto Alegre foi de 10h15. No verão, especificamente no dia 1º de dezembro deste ano, a duração do dia no Rio de Janeiro será de 13h07 e em Porto Alegre será de 13h56”, diz.

História

Criado em 1827, o Observatório Nacional é responsável pela geração, distribuição e conservação da hora oficial do País. “A geração da Hora Legal Brasileira é o resultado de um cálculo tendo como base as medidas de intercomparação de um conjunto de nove relógios atômicos mantidos em funcionamento contínuo na Divisão Serviço da Hora do ON, resultando na Escala de Tempo Atômico Brasileira, chamada internacionalmente de UTC (ONRJ), sendo UTC a sigla de Tempo Universal Coordenado e ONRJ Observatório Nacional Rio de Janeiro”, esclarece Carvalho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
STJ libera divulgação de resultados do Sisu após recurso do governo
JUSTIÇA
MPT apresenta balanço da atuação no combate ao trabalho escravo
DOURADOS
Policiais do DOF apreendem maconha escondida em travesseiro
ECONOMIA
Dívida pública fecha 2019 em R$ 4,249 trilhões
DOURADOS
Fenômeno que assustou moradores é classificado como princípio de tornado
REFORÇO
Dourados e outras nove cidades vão receber frota de viaturas
ECONOMIA
Desigualdade de gênero impede desenvolvimento sustentável, diz Cepal
ECONOMIA
Preço da carne em Dourados varia quase 80%, diz Procon
TRÂNSITO
Detran diz que não vai interferir no preço da nova placa de veículos
REGIÃO
Capotamento provocado por anta deixa um morto e dois feridos

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
IVINHEMA
Confusão em posto termina com um morto e outro ferido por PM de folga
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois