Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Homem tem ereção de 34 horas e processa médico

02 junho 2011 - 14h45

O belga Yves Lecompte, de 40 anos, entrou com um processo na Justiça de Courtrai, na Bélgica, contra seu ex-médico depois que teve uma ereção de 34 horas que o deixou impotente.

Lecompte teve uma ereção prolongada, conhecida como priapismo – condição na qual o pênis fica ereto continuamente, sem estimulação, devido ao efeito colateral da medicação utilizada.

O homem afirmou que o médico não deu importância quando ele contou que vinha tendo ereções prolongadas por causa dos remédios.

Em 10 de janeiro de 2007, após dez horas de ereção, ele procurou novamente o médico. Mas, em vez de encaminhá-lo para emergência, Lecompte disse que o médico lhe deu um sedativo e o mandou para casa, destacando que ele deveria relaxar.

No dia seguinte, após 34 horas de ereção, ele foi levado para o hospital, mas já era tarde demais. Devido à ereção prolongada, Lecompte disse que ficou impotente.

Fonte: Sud Presse / G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Aplicativo do Seguro Dpvat registra mais de 138 mil downloads neste ano
BELA VISTA
Homem suspeito de caça é preso com rifle e munições
CORUMBÁ
Detran intensifica ações do Pátio Zero no Estado e esvazia agência
PARALISAÇÃO
Câmara de Dourados vota projeto de resolução que suspende recesso parlamentar de julho
BRASIL
Com eleição adiada, TSE é consultado sobre prazo de Ficha Limpa
RIO AQUIDAUANA
Ambiental multa homem em mais de R$ 5 mil por degradar mata ciliares
ASSEMBLEIA DE MS
Aprovado direito de incluir nome do cônjuge em faturas
CAMPO GRANDE
Hemosul realiza testagens laboratoriais de resultados do Covid-19, porém sem coletas no local
PANDEMIA
Bodoquena, Bela Vista e Terenos solicitam reconhecimento de calamidade pública
BRASIL
Mais de 200 mil candidatos se inscreveram no primeiro dia de abertura do Sisu

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar secretário pode ter tido surto de esquizofrenia
BR-163
Casal que morreu ao bater em carreta morava em Campo Grande
PANDEMIA
Dourados confirma mais três óbitos por coronavírus e ultrapassa 3 mil casos
PANDEMIA
Comerciante de 45 anos é a 37ª vítima do coronavírus em Dourados