Menu
Busca sábado, 19 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Homem saca revolver, dá tiro em vigia e foge

09 junho 2011 - 17h15

A Polícia Militar de Sinop registrou duas tentativas de homicídio, ontem. Os dois casos ocorreram em menos de seis horas. Por volta das 20h40, o vigia J.C.S., de 33 anos, informou que trabalhava, em uma empresa na rua Criciúma, no bairro Alto da Glória, quando um homem apareceu, sacou um revólver e atirou.

Ele tentou fugir, mas foi atingido nas costas. O homem estaria com revólver calibre 22 e fugiu em seguida, sem levar nada. A vítima ligou para a polícia, foi socorrida, atendida e liberada.

Já hoje de madrugada, por volta das 02h30, B.S.R. foi medicado, no Pronto Atendimento. Ele levou um tiro na perna, segundo a Polícia Militar. A versão é que passava pela região central, quando uma pessoa em uma moto parou e atirou.
O suspeito não foi identificado pela vítima.

Fonte: Sé Noticias

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Explosão de oleoduto no México deixa pelo menos 20 mortos
OPORTUNIDADE
Projovem Urbano está com processo seletivo aberto para profissionais da área de educação
IVINHEMA
Homem denuncia roubo e moto é recuperada rapidamente
SEGURANÇA PÚBLICA
Ação policial "sitia" fronteira para evitar ataques criminosos
BRASIL
"Estou do lado da verdade", diz repórter que acusa Datena de assédio sexual
DOURADOS
Empresários pedem melhorias na geração de energia no Distrito Industrial
FUTEBOL
São Paulo e Santos entram em campo hoje no início do Paulistão
DOURADOS
Movimento prepara “carta de cassação” contra vereadores investigados por corrupção
BRASIL
OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019
CRIME AMBIENTAL
"Pescadores ninjas" tentam afundar embarcação e fogem de abordagem

Mais Lidas

POLÍCIA
Rapaz é preso acusado de realizar ‘disk-droga’ em Dourados
DOURADOS
Investigado por corrupção, Idenor Machado volta a ser preso
FAKE NEWS
Eleandro Passaia é chamado para depor em caso de morte de jogador Daniel
DOURADOS
Consumidores reclamam dos valores nas contas e prometem protesto contra a Energisa