Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
(67) 9860-3221
SEM SOBREVIVENTES

Helicóptero onde estava enfermeira de MS é localizado

03 junho 2015 - 11h56

A FAB (Força Aérea Brasileira) confirmou, nesta quarta-feira, dia 03 de junho, ter localizado “sem indícios de sobreviventes” o helicóptero que estava desaparecido no estado do Amazonas. Dentre os cinco ocupantes da aeronave estava a enfermeira sul-mato-grossense Luiza Fernandes Pereira, 48 anos.

O aparelho, modelo AS-355N, desapareceu durante voo na última sexta-feira, dia 29 de maio, entre os municípios amazonenses de Atalaia do Norte e Tabatinga. Ele era utilizado para transporte de pacientes pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e a Casa de Saúde Indígena (Casai).

Indícios do helicóptero foram localizados no pôr-do-sol desta terça-feira (2), a cerca de 40 quilômetros sudoeste de Tabatinga, destino final do voo. Condições meteorológicas, no entanto, impediram confirmação realizada hoje com o desembarque de equipes de resgate no local.

“Um helicóptero H-60 Black Hawk da Força Aérea Brasileira desembarcou equipes de resgate no local, que puderam confirmar que se tratava dos destroços do PR-ADA. Até o momento, não há indícios de sobreviventes”, informou em nota a FAB.

Cerca de 30 militares, com auxílio de um helicóptero H-60 Black Hawk e uma aeronave C-130 Hércules, estiveram envolvidos na missão de busca cobrindo área de 4.315 km². Integrantes da Defesa Civil de Tabatinga, do Exército e mateiros da região reforçaram equipes em solo.

“Uma equipe do Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VII) foi deslocada para o local para iniciar as investigações dos fatores contribuintes para o acidente”.

###DESAPARECIDO
O helicóptero que transportava Luiza e outras quatro pessoas desapareceu do espaço aéreo, conforme a Defesa Civil de Atalaia do Norte, por volta das 18h30 (20h30 de Brasília) de sexta-feira.

Na ocasião, além do piloto, eram transportadas na aeronave a gestante Marcelina Cruz dos Santos e sua acompanhante Marcelina da Silva de Souza, assim como outra paciente identificada como Luciana Guedes do Carmo e a enfermeira sul-mato-grossense.

A namorada do piloto confirmou ao portal G1 que falou com ele por telefone cerca de 10 minutos antes do pouso e depois não obteve mais contato. O comunicado do desaparecimento só foi confirmado às 20h30 (22h30 em Brasília) pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidente Aeronáuticos (Seripa-7).

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Prefeitura sanciona lei que autoriza gestão associada do serviço de saneamento básico entre Município e Estado
CAMPO GRANDE
Jovem que matou cão a facadas recebe ameaças de morte
RESGATE
Iguana é capturada em residência no centro de Coxim; veja o vídeo
BENEFÍCIOS
Projeto “MP - Social” é lançado em Dourados
CRIME AMBIENTAL
Produtor é multado em R$ 135 mil por desmatamento e exploração de madeira
BRASIL
Gustavo Montezano toma posse na presidência do BNDES
CONSUMIDOR
Preço da gasolina se mantém estável em Dourados
A DONA DO PEDAÇO
Camilo ameaça Vivi e ela joga sucesso na sua cara
ATENDIMENTO MÉDICO
Dourados e mais duas cidades recebem ‘Cassems Itinerante’ nos próximos dias
BRASIL
Toffoli suspende processos que contêm dados sem autorização judicial

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a tiros em conveniência
DOURADOS
Homem é morto no Jardim Pantanal; segundo homicídio da noite
DOURADOS
Homem assassinado no Jardim Pantanal tinha 23 anos
DOURADOS
Homem é baleado no Jardim Pelicano