Menu
Busca domingo, 08 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Guedes confirma liberação de R$ 42 bi de FGTS e PIS até o fim de 2020

23 julho 2019 - 21h05Por Agência Brasil

A liberação de recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e do PIS (Programa de Integração Social) totalizará R$ 42 bilhões até o fim do ano que vem, disse nesta terça-feira, dia 23 de julho, o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo ele, a injeção de recursos na economia deverá somar R$ 30 bilhões neste ano e R$ 12 bilhões em 2020.

“Eu tinha falado, um mês ou dois atrás, que [a liberação do FGTS e do PIS] ia ser em torno de R$ 42 bilhões. Vai ser isso mesmo. Deve ser uns R$ 30 bilhões esse ano, uns R$ 12 bilhões no ano que vem. São os R$ 42 bilhões que eu tinha falado. Só que vocês vão ver que há novidades, há coisas interessantes”, disse o ministro, depois da solenidade de lançamento do novo modelo de mercado para o gás, no Palácio do Planalto.

O anúncio das medidas para o FGTS está previsto para amanhã, às 16 horas. Segundo Guedes, o governo pretende permitir um saque anual de contas ativas e inativas em caráter definitivo. Todos os anos, o trabalhador retiraria um percentual do saldo ou um valor fixo. “O governo passado soltou só [o saque para contas] inativas. Nós vamos soltar ativas e inativas. Eles soltaram uma vez só. Nós vamos soltar para sempre. Todo ano vai ter”, comentou.

O ministro não confirmou se o saque neste ano será restrito a R$ 500 por conta. Ontem (22), o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, tinha dito que as medidas em relação ao FGTS teriam impacto de curto e de médio prazo. Ele assegurou que a equipe econômica está tendo cuidado para que a liberação não descapitalize o fundo, que financia projetos de moradia popular, saneamento e infraestrutura.

Da injeção prevista para este ano, R$ 28 bilhões decorreria da liberação dos saques do FGTS e R$ 2 bilhões das contas do PIS/Pasep. A partir de 2020, o trabalhador poderá retirar uma parcela da conta do FGTS no mês de aniversário, com um intervalo de tolerância para sacar, segundo técnicos do Ministério da Economia.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGEPAN
Portaria homologa tarifas de pedágio de ponte sobre o Rio Paraguai
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
RURAL
Carnes de porco e de frango acompanham alta nos preços do boi gordo
RIBAS DO RIO PARDO
Casal e dois filhos somem durante viagem e família pede ajuda
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados
CAPITAL
Jovem morre em suposto acidente de trânsito, mas polícia não acha provas
UFMS
Universidade abre 30 vagas em concurso com salários de até R$ 10 mil
CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
PESQUISA
36% reprovam e 30% aprovam o governo Bolsonaro, diz Datafolha
DOURADOS
Casal é preso escondendo droga em falda de criança de 7 meses

Mais Lidas

MÚSICA
Festival em meio a 'reserva natural' acontece hoje em Dourados
FUTEBOL
Última rodada do Brasileirão 2019 será disputada neste domingo
ECONOMIA
Com a certeza de dinheiro na conta, servidor estadual faz planos com 13°
INTERNACIONAL
Pelo menos 43 pessoas morrem em incêndio em fábrica da Índia