Menu
Busca quinta, 19 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Grupo cristão acredita que o mundo vai acabar hoje às 18 hs

21 maio 2011 - 08h32

Um grupo cristão afirmou recentemente nos Estados Unidos e até em outros países que o mundo iria acabar neste sábado, dia 21 de maio.

Segundo a rede "Family Radio", o Apocalipse bíblico vai ocorrer às 18 horas deste sábado, com a volta de Jesus Cristo e o arrebatamento previsto na Bíblia.

Cartazes foram colocados em várias cidades dos EUA e até no México e no Canadá desde o início do ano, pedindo aos cristão que se arrependam dos pecados.

A previsão foi feita pelo fundador do grupo, o pastor Harold Camping, de 89 anos.

Ele diz ter buscado na Bíblia as provas de que a volta de Jesus ocorrerá neste sábado, exatamente 7 mil anos depois de Deus ter salvo Noé do Dilúvio.

"A Bíblia Sagrada dá mais provas incríveis que 21 de maio de 2011 é exatamente o dia do Juízo Final", explica o site do grupo.

Camping já havia previsto o fim do mundo anteriormente, em 1994, mas falhou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Soja responde por 16% das exportações brasileiras no semestre
SAÚDE
Apesar de "ambiente seguro", populares devem se alertar contra o sarampo em Dourados
CAMPO GRANDE
Escola Senai da Construção oferece 210 vagas em 5 cursos gratuitos
BRASILEIRÃO
Clássicos paulista e carioca são destaques de encerramento da rodada nesta quinta
RURAL
Vazio sanitário da soja permanece em Mato Grosso do Sul
BRASIL
Receita cancela adesão de mais de 700 contribuintes ao Novo Refis
DOURADOS
UFGD promove Curso de Formação Extensionista
CINEMA
"Te Peguei!" conta história real de adultos que ainda brincam de pega-pega
CAMPO GRANDE
Corrida marca comemoração dos 90 anos da PRF
TRADIÇÃO
Festa de São Cristóvão reúne fiéis neste final de semana em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
“Aqui é PCC!”, disseram atiradores que mataram dupla
DOURADOS
Maconha apreendida em caminhão e casa no Água Boa totalizou mais de 4,3t
CAMPO GRANDE
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
PONTA PORÃ
Jovem diz que recebeu 25 kg de maconha como pagamento por sexo