Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

GP do Brasil de F-1 não corre mais risco de ser cancelado

03 dezembro 2003 - 10h07

O GP do Brasil de Fórmula 1 não corre mais perigo de deixar o calendário da categoria em 2004. Ontem, Tamas Rohonyi, promotor do evento, afirmou que a proibição imposta no mês passado foi derrubada pelo Tribunal de Justiça.Segundo Rohonyi, os preparativos para o evento seguem o calendário e todos os procedimentos estão sendo cumpridos. Os trabalhos seguem ordens do juiz Sergio Coimbra Schmidt, responsável pela anulação da primeira liminar concedida pelo juiz João de Vicenzo. Vicenzo alegava que a corrida esvaziaria os cofres públicos da cidade de São Paulo.Schmidt acredita que o cancelamento a esta altura trará mais prejuízos que benefícios. O GP, que acontecerá em outubro de 2004, será observado por autoridades locais.- Vamos ter o GP. Esperamos também que possamos discutir a renovação de nosso contrato com os promotores por mais quatro ou cinco anos. Queremos saber também o que este evento trará para São Paulo no futuro - disse Nadia Campeão, secretária de esportes de São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Aluno de 14 anos esfaqueia professor em escola na zona leste de SP
SELEÇÃO BRASILEIRA
Tite chama amanhã jogadores para amistosos de outubro
DOURADOS
Uno é consumido pelo fogo e Guarda descobre que carro era furtado
HOMICÍDIO
Homem é preso suspeito de matar colega de quarto a facadas
PESQUISA CNT
Duas rodovias são responsáveis por 1/4 dos acidentes no país
DOURADOS
Délia publica novo decreto para conceder recesso de fim de ano
ARTIGO
O poder do arrependimento!
CAMPO GRANDE
Hospital Cassems realiza semana de ações em prol da Segurança do Paciente
MATO GROSSO DO SUL
Seminário discute políticas públicas para pessoas com deficiência
CNT
Em 2018, houve 69 mil acidentes em rodovias federais, diz pesquisa

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção