Menu
Busca sábado, 16 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
BRASIL

Governo vai manter liberação de FGTS para vítimas de Brumadinho

12 fevereiro 2019 - 14h05Por Agência Brasil

O governo vai manter a liberação de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para as vítimas de Brumadinho (MG). A informação foi confirmada hoje (12) pela Advocacia-Geral da União (AGU). O governo deve editar nos próximos dias medida provisória (MP) para alterar a lei sobre a utilização de recursos do fundo.

Atualmente, a Lei 8.036/1990, que trata do FGTS, permite que os beneficiários movimentem suas contas em caso de “necessidade pessoal, cuja urgência e gravidade decorra de desastre natural”. Desde o rompimento da barragem da Samarco, em Mariana, Minas Gerais, em 2015, esse tipo de acidente passou a ser equiparado a desastre natural para que as vítimas pudessem movimentar esses recursos.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta segunda-feira (11) que sua equipe já analisava o assunto. () Integrantes do governo defendem que a mineradora Vale, responsável pela barragem, arque exclusivamente com todos os custos evitando que o cidadão use recursos acumulados ao longo dos anos para se reestabelecerem.

Três dias depois do desastre, ocorrido em 25 de janeiro e considerado como a pior tragédia humana da história recente, a Caixa Econômica Federal anunciou a liberação de saques do FGTS para trabalhadores que tiveram suas casas afetadas. A instituição financeira adotou a medida com base na Lei Federal 10.878/2004 limitando as retiradas a R$ 6.220.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Flávia Alessandra mantém feed de tirar o fôlego e capricha nas fotos
CAMPO GRANDE
Jovem é preso por filmar corpos de assaltantes mortos por PM
JUSTIÇA
Condenado por roubo a mulher grávida tem pena aumentada em dois anos
DICAS
Portal do MS traz série de matérias sobre o concurso da educação
COSTA RICA
Polícia faz cerco e prendem quadrilha especializada em furtos rurais
ECONOMIA
Gasolina recua pela 17ª vez e atinge menor preço em 13 meses
DESEMBARGADORA
STF nega pedido de liminar e Tânia Borges continua afastada
UFGD
Clube da Leitura' retorna, com 'As Meninas', de Lygia Fagundes Telles
SONORA
Assessor de Câmara Municipal é detido suspeito de bater na esposa
PRAZO
Abertas inscrições para curso de Processo Civil da Escola de Magistratura

Mais Lidas

DOURADOS
Homem que tramou assassinato de empresário tentou se matar antes de ser levado à PED
PORTE E POSSE DE ARMA
Justiça concede HC a empresário que teve morte encomendada pela mulher
DOURADOS
Envolvidos na trama contra empresário são transferidos à PED
AMAMBAI
Douradense é preso com mais de 1 tonelada de maconha em veículo roubado