Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

FMI revela que foi vítima de ataque virtual de 'grande escala'

12 junho 2011 - 09h18

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revelou que a sua rede informática foi vítima de um ataque cibernético sofisticado, segundo informações publicadas neste domingo pelo jornal americano The New York Times.

O ataque teria acontecido há vários meses, mas só foi revelado agora. Autoridades no Fundo deram poucos detalhes sobre o ataque virtual, mas disseram que houve "uma violação de grande escala" dos seus sistemas, de acordo com o jornal.

Segundo os investigadores, hackers tentaram instalar um software para se infiltrar no sistema do FMI. O Fundo possui dados e análises econômicas sigilosas sobre diversos países.

O FMI disse que seus sistemas de informática estão funcionando, mas não forneceu mais detalhes sobre o ataque.

###Banco Mundial
"Eu posso confirmar que estamos investigando o incidente", disse o porta-voz da instituição, David Hawley. "Eu não posso dar mais detalhes sobre o alcance deste incidente de segurança cibernética."

O New York Times disse que os funcionários do FMI foram avisados sobre o ataque cibernético por e-mail na quarta-feira, mas que o Fundo não tornou público o incidente.

O e-mail alertava que 'transferências suspeitas de arquivos' haviam sido detectadas e que uma investigação determinara que um dos computadores do Fundo foi 'comprometido' e usado para acessar redes internas.

O porta-voz do Banco Mundial revelou que a instituição interrompeu seu acesso à rede do FMI temporariamente por "excesso de precaução".

"O grupo do Banco Mundial, como qualquer outra organização, está cada vez mais ciente dos riscos potenciais à segurança do nosso sistema de informação, e nós estamos constantemente trabalhando para melhorar nossas defesas", disse o porta-voz Rich Mills.

Recentemente outras grandes corporações também revelaram terem sido vítimas de ataques cibernéticos. Em abril, a rede do videogame Playstation, da Sony, foi invadida, e hackers obtiveram dados pessoais de 100 milhões de contas.

Em maio, a empresa americana de defesa Lockheed Martin também revelou ter sido alvo de um ataque.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Com emendas do Senado, Câmara aprova novo Código de Trânsito Brasileiro
CAPITAL
Motociclista morre quatro dias após sofrer grave acidente com S-10
CORONAVÍRUS
Brasil chega a 138 mil mortes por Covid-19; sete estados têm alta
ANASTÁCIO
Comerciante é autuado em R$ 10 mil por incêndio de vegetação protegida
QUEIMADAS
Bombeiros resgatam ribeirinhos durante combate a incêndios no Amolar
CAMPO GRANDE
Detento procura a polícia e diz que foi impedido de entrar em presídio
JUSTIÇA
Criança sob guarda deve ser tratado como filho em plano de saúde
SEU BOLSO
Receita abre amanhã consulta ao quinto e último lote de restituição do IR
COXIM
Idoso é preso após ser visto se masturbando e chamando criança de 8 anos
PEDESTRIANISMO
Pandemia adia Corrida de São Silvestre para julho do ano que vem

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado atropela cinco pessoas que voltavam da igreja no Novo Horizonte
ESTADO
Confraternização em fazenda termina com tragédia após briga familiar
TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina
DOURADOS
Amigos e familiares de entregador morto em acidente pedem que justiça seja feita