Menu
Busca domingo, 20 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

FMI revela que foi vítima de ataque virtual de 'grande escala'

12 junho 2011 - 09h18

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revelou que a sua rede informática foi vítima de um ataque cibernético sofisticado, segundo informações publicadas neste domingo pelo jornal americano The New York Times.

O ataque teria acontecido há vários meses, mas só foi revelado agora. Autoridades no Fundo deram poucos detalhes sobre o ataque virtual, mas disseram que houve "uma violação de grande escala" dos seus sistemas, de acordo com o jornal.

Segundo os investigadores, hackers tentaram instalar um software para se infiltrar no sistema do FMI. O Fundo possui dados e análises econômicas sigilosas sobre diversos países.

O FMI disse que seus sistemas de informática estão funcionando, mas não forneceu mais detalhes sobre o ataque.

###Banco Mundial
"Eu posso confirmar que estamos investigando o incidente", disse o porta-voz da instituição, David Hawley. "Eu não posso dar mais detalhes sobre o alcance deste incidente de segurança cibernética."

O New York Times disse que os funcionários do FMI foram avisados sobre o ataque cibernético por e-mail na quarta-feira, mas que o Fundo não tornou público o incidente.

O e-mail alertava que 'transferências suspeitas de arquivos' haviam sido detectadas e que uma investigação determinara que um dos computadores do Fundo foi 'comprometido' e usado para acessar redes internas.

O porta-voz do Banco Mundial revelou que a instituição interrompeu seu acesso à rede do FMI temporariamente por "excesso de precaução".

"O grupo do Banco Mundial, como qualquer outra organização, está cada vez mais ciente dos riscos potenciais à segurança do nosso sistema de informação, e nós estamos constantemente trabalhando para melhorar nossas defesas", disse o porta-voz Rich Mills.

Recentemente outras grandes corporações também revelaram terem sido vítimas de ataques cibernéticos. Em abril, a rede do videogame Playstation, da Sony, foi invadida, e hackers obtiveram dados pessoais de 100 milhões de contas.

Em maio, a empresa americana de defesa Lockheed Martin também revelou ter sido alvo de um ataque.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
Jorjão retoma programação na terça-feira e disponibiliza oito atividades
TRÁFICO
Motorista é flagrado com 40 quilos de cocaína que levaria para Minas Gerais
EDUCAÇÃO
Sisu abre inscrições na terça; veja dicas para conseguir uma vaga
PONTA PORÃ
Homem é morto a facadas por sobrinhos após agredir a esposa
OPORTUNIDADES
Concursos: 18 órgãos abrem inscrições para 277 vagas nesta segunda
FENÔMENO
Eclipse com 'superlua' será visível nesta madrugada em todo o Brasil
CAPITAL
Homem é encontrado morto com mãos amarradas e enrolado em cobertor
CORUMBÁ
Ação contra poluição sonora multa dois e apreende aparelhagem de som
JARDIM CARAMURU
Populares denunciam e homem é preso tentando furtar igreja
BIKE
Inscrições para o "Bonito Cross" terminam neste domingo

Mais Lidas

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Discussão entre casal termina com mulher baleada em Dourados
FRONTEIRA
Jogador de futebol, ‘Alicate’ é executado com 26 tiros de fuzil
DOURADOS
Homem furta loja do shopping, alarme dispara e ele acaba preso
CAMPO GRANDE
Bandidos que morreram em confronto com a polícia são identificados