Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
BRASIL

Fachin mantém prisão de primeiro condenado na Lava Jato pelo STF

13 novembro 2019 - 17h35Por Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou hoje (13) pedido para soltar o ex-deputado federal Nelson Meurer (PP-PR), condenado no ano passado pela Corte a 13 anos e 9 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Meurer é o primeiro condenado pelo STF na Operação Lava Jato que vai cumprir pena.

Na decisão, Fachin negou pedido feito pela defesa do ex-parlamentar para suspender a execução da condenação, que passou a ser cumprida na semana passada, por determinação do ministro. Meurer está preso em um presídio em Francisco Beltrão (PR). 

Em maio do ano passado, o ex-parlamentar foi condenado pela Segunda Turma do STF, acusado de receber R$ 4 milhões em vantagens indevidas oriundas da Petrobras. O filho do deputado, Nelson Meurer Júnior, também foi condenado, mas a uma pena menor, de 4 anos e 9 meses de prisão em regime aberto, e também está preso. 

Para a Procuradoria-Geral da República (PGR), que fez a acusação, o dinheiro teve origem em contratos da Petrobras e consistia em repasses por empresas fictícias operadas pelo doleiro Alberto Youssef e por intermédio do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, dois delatores do esquema de corrupção na Lava Jato.

O colegiado também decidiu que Meurer e o filho deverão ressarcir a Petrobras em R$ 5 milhões após o fim de todos os recursos.

No julgamento, a defesa afirmou que não há provas de que o deputado tenha dado sustentação política a Paulo Roberto Costa na Petrobras e que tenha participado dos desvios na estatal. Segundo o advogado, a denúncia foi baseada em presunções da acusação. Para a defesa, o deputado não pode ser acusado somente por ter sido líder do PP em 2011, por seis meses, e ter sido amigo do ex-deputado José Janene, morto em 2010, e acusado de participar da arrecadação de propina para o partido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Bandidos furtam malote de funcionários em frente a agência bancária
CULTURA
Banda douradense retorna aos palcos com show gratuito na Praça Antônio João
MISTÉRIO
Helicóptero cai próximo à fronteira e polícia não encontra vítimas
FRONTEIRA
Suposto integrante do PCC é entregue às autoridades brasileiras
DOURADOS
Médica terá que pagar R$ 97,5 mil por fraude contra o HU
BRASIL
Corrupção abala confiança no regime democrático, diz Moro
DESCAMINHO
Prisma é apreendido carregado com contrabando de cigarros
CAIXA
Loterias sorteiam R$ 58,9 milhões até quarta-feira
REDE MUNICIPAL
Escola realiza projeto de leitura e alunos têm 'noite do autógrafo' em Dourados
15 CENTAVOS
Preço da gasolina dispara em Dourados em uma semana

Mais Lidas

DOURADOS
Homem deixa chave no contato e tem moto furtada
MISTÉRIO
Helicóptero que caiu próximo a fronteira pertence a brasileiro
EDUCAÇÃO
Governo do Estado antecipa calendário e aulas começam antes do Carnaval
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda e vai a R$ 4,13