Menu
Busca quinta, 19 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Exame de sangue promete revelar expectativa de vida

17 maio 2011 - 06h57

Segundo a cientista espanhola Maria Blasco, com um simples teste de sangue é possível prever quanto tempo de vida temos pela frente. A pesquisa diz que seria possível determinar nossa longevidade através dos nossos cromossomos. O teste surgiu em um hospital da Espanha.

Pela pesquisa, nosso tempo de vida corresponderia ao tamanho das pontas na extremidade dos cromossomos, chamadas de telômeros. Quanto maiores forem o telômeros, mais longa pode ser a vida.

O professor geneticista Franklin Rumjanek da Universidade Federal do Rio de Janeiro aprova este avanço da ciência.

“É baseado em dados reais. O tamanho do telômero dá, mais ou menos, a expectativa de vida da pessoa em função de quantas vezes essa célula vai se replicar ao longo da vida da pessoa”, explica o professor Franklin.

De acordo com a pesquisa, o tamanho do telômero também pode fornecer informações importantes sobre o risco de morte prematura e de uma série de problemas associados à idade, como Alzheimer e câncer.

O teste desenvolvido pela médica espanhola Maria Blasco precisa apenas de amostras de sangue da pessoa. É rápido, eficiente e elogiado pelos cientistas. Mas são eles também que avisam: trata-se de uma estimativa de tempo de vida, e não uma garantia do tempo que a pessoa vai viver.

O teste pode se tornar comum dentro de cinco a dez anos. Apesar de concordar com a pesquisa, o geneticista brasileiro sugere cautela.

“Se contribuir para entender melhor como a célula funciona, ótimo. Se for utilizada como medida, por exemplo, para que companhias de seguro possam dar prêmios mais caros para quem tem telômetro mais curto, não é bom. Se a pessoa começar a extrapolar dados, para outras ações consideradas antiéticas, a sociedade vai pagar por isso”, opina.

Para a criadora do teste, só há benefícios. Não só porque indica a idade biológica, interna, da pessoa, como pode ajudar a prolongar a vida de quem, a partir do teste, adotar hábitos mais saudáveis. Mas nem todo mundo acha o teste uma boa ideia: "Tem um ditado que diz o seguinte: '
Morrer, não importa de que. Viver, só com honra e dignidade. Tomar só a Deus pertence'", afirma um homem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Termina amanhã prazo para adesão de estados ao Encceja Nacional
UFGD
Dourados será sede de Encontro Nacional de Gestão Ambiental
CAMPO GRANDE
OAB/MS abre procedimento contra advogada suspeita de golpe milionário
CUIABÁ
'Homem-Aranha' escala 10 andares de prédio e invade apartamentos
PROMOÇÃO
Juiz Jonas Hass de Dourados é empossado desembargador do TJ/MS
PONTA PORÃ
Jovem é preso com dinheiro falso comprado no Paraguai
DEFESA
Segurança Pública anuncia operação na fronteira de nove estados
CRIME ORGANIZADO
Chefão do PCC preso em Assunção já está em poder da PF
UEMS
Educação a Distância promove curso de formação para acadêmica
FRONTEIRA
Oficial de Justiça é feita refém por homem revoltado com intimação

Mais Lidas

DOURADOS
“Aqui é PCC!”, disseram atiradores que mataram dupla
CAMPO GRANDE
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
DOURADOS
Maconha apreendida em caminhão e casa no Água Boa totalizou mais de 4,3t
DOURADOS
Ladrões levaram mais de R$ 1,5 mil em assalto a padaria