Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Exame de sangue promete revelar expectativa de vida

17 maio 2011 - 06h57

Segundo a cientista espanhola Maria Blasco, com um simples teste de sangue é possível prever quanto tempo de vida temos pela frente. A pesquisa diz que seria possível determinar nossa longevidade através dos nossos cromossomos. O teste surgiu em um hospital da Espanha.

Pela pesquisa, nosso tempo de vida corresponderia ao tamanho das pontas na extremidade dos cromossomos, chamadas de telômeros. Quanto maiores forem o telômeros, mais longa pode ser a vida.

O professor geneticista Franklin Rumjanek da Universidade Federal do Rio de Janeiro aprova este avanço da ciência.

“É baseado em dados reais. O tamanho do telômero dá, mais ou menos, a expectativa de vida da pessoa em função de quantas vezes essa célula vai se replicar ao longo da vida da pessoa”, explica o professor Franklin.

De acordo com a pesquisa, o tamanho do telômero também pode fornecer informações importantes sobre o risco de morte prematura e de uma série de problemas associados à idade, como Alzheimer e câncer.

O teste desenvolvido pela médica espanhola Maria Blasco precisa apenas de amostras de sangue da pessoa. É rápido, eficiente e elogiado pelos cientistas. Mas são eles também que avisam: trata-se de uma estimativa de tempo de vida, e não uma garantia do tempo que a pessoa vai viver.

O teste pode se tornar comum dentro de cinco a dez anos. Apesar de concordar com a pesquisa, o geneticista brasileiro sugere cautela.

“Se contribuir para entender melhor como a célula funciona, ótimo. Se for utilizada como medida, por exemplo, para que companhias de seguro possam dar prêmios mais caros para quem tem telômetro mais curto, não é bom. Se a pessoa começar a extrapolar dados, para outras ações consideradas antiéticas, a sociedade vai pagar por isso”, opina.

Para a criadora do teste, só há benefícios. Não só porque indica a idade biológica, interna, da pessoa, como pode ajudar a prolongar a vida de quem, a partir do teste, adotar hábitos mais saudáveis. Mas nem todo mundo acha o teste uma boa ideia: "Tem um ditado que diz o seguinte: '
Morrer, não importa de que. Viver, só com honra e dignidade. Tomar só a Deus pertence'", afirma um homem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo ainda estuda recriar Ministério da Segurança, diz Mendonça
CRIME AMBIENTAL
PMA desmonta acampamento de pescadores e apreende petrechos ilegais
PANDEMIA
Governo de MS prorroga medidas de apoio aos empresários
ELEIÇÕES
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
BRASIL
CPB promove camping virtual com jovens atletas de natação
REGIÃO
Corpo é encontrado no Rio Paraguai
DOURADOS
Entardecer faz temperatura cair 5°C em pouco mais de uma hora
PANDEMIA
Entre as 10 com mais casos de coronavírus em MS, cidade retomará aulas presenciais
ARTIGO
Desincompatibilização de servidores e nova data das eleições
MS
Pescadores são autuados em R$ 2,4 mil por irregularidades

Mais Lidas

DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
PANDEMIA
Dourados tem quatro mortes por Covid em 24 horas, uma das vítimas médico
DOURADOS
Comerciante encontra homem morto ao chegar para abrir estabelecimento
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai