Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

Ex-ministros do Meio Ambiente querem que Dilma adie votação do Código Florestal

24 maio 2011 - 07h01

Um grupo de ex-ministros do Meio Ambiente pretende apelar hoje (24) à presidenta Dilma Rousseff para adiar a votação do Código Florestal, prevista para esta terça-feira, na Câmara dos Deputados. Entre eles estão Marina Silva (PV-AC), Carlos Minc e Rubens Ricúpero. Os ex-ministros querem evitar a aprovação de alguns artigos do código que apontam como um retrocesso na legislação ambiental brasileira.

Apelo semelhante foi feito ontem (23) pelos ex-ministros aos presidentes do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e da Câmara, Marco Maia (PT-RS). Mas o relator do Código Florestal, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), afirmou que não há razão para adiar a votação do assunto nem fazer eventuais mudanças na proposta.

Segundo Aldo, quaisquer modificações só devem ser discutidas no Senado. A votação do código foi adiada três vezes. Porém, em carta aberta à Dilma e ao Congresso, os ex-ministros afirmam que a proposta representa um retrocesso na política ambiental brasileira que foi pioneira na criação de leis de conservação e proteção de recursos naturais.

Para os ex-ministros do Meio Ambiente, é necessário aperfeiçoar o texto do Código Florestal. Segundo eles, o principal equívoco se refere à ausência de mecanismos de proteção aos pequenos proprietários e aos agricultores familiares. Também fazem críticas às medidas que levam à flexibilização, que pode causar mais desmatamento.

Independentemente das críticas dos ex-ministros, o relator do código admitiu que um dos temas que devem ser alvo de revisão, no Senado, é a questão sobre as pequenas propriedades (até quatro módulos fiscais) localizadas às margens de rios,obrigadas a manter área de preservação permanente (APP) equivalente a 20% da área total.

O assunto também será tema de reuniões de três ministros hoje em Brasília. De manhã, o chanceler Antonio Patriota conversa com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. À tarde, Patriota e Izabella se reúnem com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NO PARANÁ
Douradense morre ao ser prensado por caminhão em laticínio
GABARITO
Resultado preliminar da prova escrita para assessor de procurador está disponível
DOURADOS
Valor médio da gasolina teve queda de R$ 0,14 em quatro semanas
ECONOMIA
Dólar tem forte alta e fecha acima de R$ 4,05 em meio a ajustes e cautela no exterior
MANIFESTAÇÃO
Movimento pede veto a projeto de lei sobre abuso de autoridade em Dourados
MS-156
Após perseguição, motorista é flagrado levando 2t de maconha dentro de caminhão
NAVIRAÍ
Envolvidos com roubo de caminhonete são presos e menor apreendido
OPORTUNIDADE
JBS abre vagas para eletricista industrial e faqueiro de abate em MS
CORUMBÁ
Mulher é presa em MS levando cocaína dentro do estômago; droga seria entregue em Roma
DOURADOS
Procurador da Lava Jato abrirá a XL Semana Jurídica da Unigran

Mais Lidas

DOURADOS
Homem tem residência visitada por bandido e carro furtado
POLÍCIA
Homem é executado por pistoleiros em Ponta Porã
DOURADOS
Polícia investiga causas de acidente com morte na BR-163
ACIDENTE
Carro na contramão bate em van da banda Sampa Crew e deixa 1 morto e vários feridos