Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

EUA faz concurso para estudantes brasileiros de propaganda

02 março 2005 - 13h37

Alunos das faculdades de propaganda e marketing de todo o Brasil podem participar do concurso lançado nesta quarta-feira pela embaixada dos Estados Unidos. O desafio proposto pelo órgão é a criação de uma campanha publicitária com o tema "Estude nos EUA".A equipe vencedora receberá equipamentos e softwares no valor de US$ 5 mil para a sua universidade, a visita de um professor norte-americano especialista em propaganda e marketing para uma série de palestras ou workshops, crédito na veiculação das campanhas e certificado, que será entregue pelo embaixador dos EUA.As inscrições podem ser feitas até 31 de março deste ano, por meio do site da embaixada www.embaixada-americana.org.brServiçoConcurso de Campanha Publicitária "Estude nos EUA"Quem: Estudantes de graduação de Propaganda e MarketingQuando: de 2 a 31 de março de 2005  

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega deve sortear prêmio de R$ 190 milhões amanhã
DOURADOS
TAC prevê contratação emergencial de estagiários para fim da greve na educação infantil
ESPORTE
Nadador de MS disputa competição no Peru com a seleção brasileira
DOURADOS
Campanha quer incentivar participação de mais mulheres na política
DOURADOS
TJ decide em março se vereadores devem receber salários por período presos e afastados
DICAS
Fique atento: informação e planejamento podem garantir uma boa viagem no Carnaval
DOURADOS
Troco Solidário Abevê repassa valor a instituição
Saúde e Bem-estar
Unimed Dourados renova com a Sanesul e Sicredi Centro-Sul MS
NEGÓCIOS & CIA
Certificado Digital Agiliza: a abertura e gestão de empresas
TRÁFICO
Homem é preso com cocaína em fundo falso de veículo

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia