Menu
Busca segunda, 19 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Em nota, ONGs apontam 19 falhas no Código Florestal

01 junho 2011 - 18h15

Uma nota técnica assinada pelo movimento SOS Florestas, que reúne sete ONGs (entre as quais Greenpeace e WWF Brasil) aponta 19 falhas na proposta do novo Código Florestal e afirma que o texto "incentiva novos desmatamentos" e permite uma "isenção quase generalizada" aos infratores ambientais.

O movimento diz que, nos termos aprovados pela Câmara, o novo código abrirá brechas para a intensificação das ameaças sobre florestas, nascentes, morros, beiras de rio e manguezais.

"A lei dificultará o controle por parte dos órgãos ambientais", diz a nota.

Ao considerar como área rural consolidada desmatamentos ocorridos até julho de 2008, o código abrirá caminho para legalizar mais de 40 milhões de hectares derrubados na Amazônia e no Cerrado após 1998, segundo o documento.

Entre as brechas está o caso das propriedades com até quatro módulos fiscais (20 a 400 hectares, de acordo com a região), que ficarão dispensadas de recompor áreas de reserva legal desmatadas.

A proposta, apontam os ambientalistas, não prevê "limites temporais" para impedir que agricultores se enquadrem nos critérios da isenção.

O deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), relator do projeto na Câmara, disse que a proposta prevê critérios "claros" para a dispensa de recomposição de reserva legal --entre elas, a impossibilidade de obtenção do benefício por meio do fracionamento de áreas maiores.

Sobre a polêmica "anistia", Rebelo disse que a "suspensão condicionada" das multas já estava prevista em decreto assinado em 2008 pelo então presidente Lula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL DE MS
Aquidauanense vence Coxim e assume a liderança da Série B
NEGOCIAÇÃO
Procon de Dourados realiza 4ª campanha 'Saindo do Sufoco'
NOVAS DIRETRIZES
Qualquer exercício físico é melhor que nenhum
NORTE DO BRASIL
Museu da Cidade de Manaus é inaugurado 36 anos após sua idealização
PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Feriadão nas BR's de MS termina com quatro mortes
MODA VERÃO
Alerta de tendência: decote ombro a ombro
DOURADOS
Dicas para ter autoconfiança no processo de memorização
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
Confira essa receita de torta de quinoa com escarola
ECONOMIA
Exportações de celulose e óleos vegetais de MS já acumulam alta de até 87% no ano
ARQUITETURA
Casa de 1890 se renova com cores e exibe marcas originais

Mais Lidas

TEMPORAL
Fortes ventos derrubam mais de 30 árvores e deixa rastro de destruição em Dourados
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPORAL
Ventos fortes derrubam árvores em Dourados
CACHOEIRINHA
Mulher denuncia e marido é encontrado em ponto de distribuição de drogas