Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Dólar fecha em queda, após decisão do Fed

19 junho 2019 - 17h20Por G1

O dólar fechou em queda nesta quarta-feira (19), após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) deixar as taxas de juros dos EUA inalteradas. Os investidores também operaram de olho na decisão de política monetária do Brasil. Às 18h, o BC brasileiro vai anunciar o desfecho da reunião de dois dias do Comitê de Política Monetária (Copom) .

O dólar recuou 0,28%, vendido a R$ 3,8491. Na semana, a moeda dos EUA acumulou queda de 1,30%.

O foco do pregão desta quarta-feira recaiu sobre as decisões de política monetária dos bancos centrais norte-americano e brasileiro.

Nesta tarde, o Fed informou sua decisão de manter as taxas de juros norte-americana no intervalo de 2,25% a 2,50%, conforme era esperado pelo mercado. No comunicado, o BC dos EUA apontou os sinais de continuidade do crescimento econômico no país, mas também citou aumento de incertezas, sinalizando um possível corte dos juros no futuro.

O mercado monitora pistas sobre o rumo dos juros nos Estados Unidos porque, com taxas mais altas, o país se tornaria mais atraente para investidores. Isso motivaria uma tendência de alta do dólar em relação a moedas como o real. Mas se, ao contrário, o Fed decidir não aumentar os juros agora, recursos aplicados em outros mercados, como o brasileiro, tendem a não migrar para aos Estados Unidos, o que afastaria essa pressão de alta do dólar em relação a outras moedas.

Já com relação ao Copom, também se espera a manutenção da Selic na mínima história de 6,5%, mas, em meio a crescentes apostas de que haverá um corte ainda neste ano, investidores estarão atentos em busca de sinalizações.

Atuação do BC

O Banco Central rolou integralmente o lote de US$ 2 bilhões ofertado em dois leilões de linha de moeda estrangeira nesta quarta-feira. Na véspera, a autoridade monetária também já havia rolado integralmente outro lote de US$ 2 bilhões.

O BC também realizou nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de US$ 10,089 bilhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Terminam hoje as inscrições do workshop “Redação de Patentes - Além dos Guias”
JUDICIÁRIO
Supremo julga nesta quinta-feira prisão após segunda instância
DINHEIRO NOVO
Pagamento do Pis/pasep aos nascidos em outubro começa nesta quinta
Carreta carregada com material bélico do Exército tomba na divisa com MS
TEMPO
Quinta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
INVESTIMENTO
MEC vai liberar mais R$ 43 milhões para 96 obras em universidades
UEMS
Semana Técnica de Computação acontece de 21 a 25 de outubro
SAÚDE
Senado aprova obrigação de exame em 30 dias para diagnóstico de câncer
FERRAMENTA
Banco do Brasil lança cartão para escolas públicas comprarem merenda
UFGD
Centro de Formação abre 50 novas vagas para Cursinho Pré-vestibular

Mais Lidas

POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira