Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Dólar fecha em queda, após decisão do Fed

19 junho 2019 - 17h20Por G1

O dólar fechou em queda nesta quarta-feira (19), após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) deixar as taxas de juros dos EUA inalteradas. Os investidores também operaram de olho na decisão de política monetária do Brasil. Às 18h, o BC brasileiro vai anunciar o desfecho da reunião de dois dias do Comitê de Política Monetária (Copom) .

O dólar recuou 0,28%, vendido a R$ 3,8491. Na semana, a moeda dos EUA acumulou queda de 1,30%.

O foco do pregão desta quarta-feira recaiu sobre as decisões de política monetária dos bancos centrais norte-americano e brasileiro.

Nesta tarde, o Fed informou sua decisão de manter as taxas de juros norte-americana no intervalo de 2,25% a 2,50%, conforme era esperado pelo mercado. No comunicado, o BC dos EUA apontou os sinais de continuidade do crescimento econômico no país, mas também citou aumento de incertezas, sinalizando um possível corte dos juros no futuro.

O mercado monitora pistas sobre o rumo dos juros nos Estados Unidos porque, com taxas mais altas, o país se tornaria mais atraente para investidores. Isso motivaria uma tendência de alta do dólar em relação a moedas como o real. Mas se, ao contrário, o Fed decidir não aumentar os juros agora, recursos aplicados em outros mercados, como o brasileiro, tendem a não migrar para aos Estados Unidos, o que afastaria essa pressão de alta do dólar em relação a outras moedas.

Já com relação ao Copom, também se espera a manutenção da Selic na mínima história de 6,5%, mas, em meio a crescentes apostas de que haverá um corte ainda neste ano, investidores estarão atentos em busca de sinalizações.

Atuação do BC

O Banco Central rolou integralmente o lote de US$ 2 bilhões ofertado em dois leilões de linha de moeda estrangeira nesta quarta-feira. Na véspera, a autoridade monetária também já havia rolado integralmente outro lote de US$ 2 bilhões.

O BC também realizou nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de US$ 10,089 bilhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NORONHA
Isis Valverde relembra foto de biquíni em cenário paradisíaco
FATALIDADE
Vítimas de grave acidente em Bataguassu serão veladas neste sábado
JUSTIÇA
Direitos da criança e do índio são preservados em adoções por indígenas
CAPITAL
Polícia pede prisão de comerciante suspeito de matar o próprio tio
LEGISLAÇÃO
Detran esclarece Lei que permite transferência de multas e pontos na CNH
CORRUPÇÃO
Traficantes acusam polícia paraguaia de cobrar R$ 30 mil para liberar droga
ESPORTES
Mundo Novo abre a 2ª fase da Copa Assomasul de futebol
CORUMBÁ
Justiça nega prisão de médico suspeito de cobrar por cirurgia do SUS
CAMPO GRANDE
Homem agride ex-esposa gestante em posto de saúde e acaba preso
MINISTÉRIO PÚBLICO
Concurso da PRF: após ação, banca convoca mais candidatos negros

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso