Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 9860-3221

Dilma admite dificuldade no diálogo com estados sobre produção rural

23 maio 2011 - 10h15

A presidente Dilma Rousseff admitiu nesta segunda-feira (23), durante o programa semanal "Café com a Presidenta", que há dificuldade no diálogo entre municípios, estados e União para que o agricultor familiar de uma região possa vender seu produto para outra localidade. Segundo ela, há "muita burocracia" na fiscalização.

"Isso acontece por causa da preocupação com a segurança e a qualidade do alimento: presunto, queijo, mel, leite e geleias, por exemplo, de um estado, muitas vezes, não pode ser vendidos no outro estado. E tudo isso acontece porque a fiscalização é feita separadamente pelo estado, pelo município e também pelo governo federal. Tem muita burocracia", disse Dilma.

De acordo com a presidente, a situação deve ser resolvida com a implantação do Sistema Único de Atenção à Sanidade Animal (Suasa), que ainda precisa de normas para começar a valer.

"Esse sistema não está funcionando ainda muito bem, porque falta criar as normas que sejam comuns e respeitadas por todos estes governos. Nós demos um prazo de 30 dias para que um grupo de trabalho elabore essas normas. Quando elas forem aprovadas, o Suasa passa a valer."

Dilma comentou o anúncio do Plano Safra da Agricultura Familiar 2010/2011, que destinará recursos de R$ 16 bilhões e redução dos juros anuais para empréstimos a pequenos produtores.

"Cada centavo que o governo investe na Agricultura Familiar se multiplica, aumenta a produção e o consumo, reduz os preços dos alimentos e ajuda a colocar mais comida na mesa de muitas famílias", disse Dilma sobre o Plano Safra durante seu programa semanal.

A presidente lembrou ainda que determinou a criação de uma superintendência na Caixa Econômica Federal, exclusiva para acompanhar os projetos de habitação rural.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS
Defensoria Pública pede que Justiça proíba comemorações do golpe de 64
RAQUEL DODGE
TJ/MS repudia pedido para juízes federais atuarem em ações eleitorais
FUTEBOL
Sobrevivente na tragédia da Chape, Rafael Henzel morre após infarto
BELA VISTA
Servidor público morre após colisão envolvendo motocicleta e carreta
CORRUPÇÃO
MPF pede para Justiça tornar Temer réu no caso da mala com R$ 500 mil
BONITO
Estudante de medicina que caiu de tirolesa morre após 2 meses na UTI
UEMS
Programa de formação de líderes está com inscrições abertas
DOURADOS
Indígenas são presos com arma em mochila
RIO BRILHANTE
Homem que roubou e comeu galo do vizinho foi morto após discutir com "dedo-duro"
NOVA POLÍTICA DE PREÇOS
Petrobras vai reajustar diesel com intervalo mínimo de 15 dias

Mais Lidas

POLÍCIA
Corpo em avançado estado de decomposição é encontrado em Dourados
DOURADOS
Após brigar com a mulher, motorista bêbado invade e destrói oficina na Monte Alegre
DOURADOS
Corpo encontrado no Flor de Maio estava há cerca de 30 dias no local
PARABELLUM
Operação cumpre mandados de busca e apreensão em Dourados