Menu
Busca quinta, 24 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Descoberta precoce de melanoma garante sobrevida a 85% dos pacientes

24 dezembro 2012 - 14h15

#####Assessoria

Com mais de 110 mil novos casos registrados em 2012, o câncer de pele é o tumor mais frequente na população brasileira e também no mundo, com cerca de 2 a 3 milhões de pessoas diagnosticadas anualmente. O melanoma é o tipo menos comum, porém mais agressivo e com altos índices de mortalidade. A boa notícia é que 83% de 1064 pacientes diagnosticados e tratados no Hospital A.C.Camargo entre 2000 e 2007 descobriram o melanoma em fase inicial (entre os estadios 0 e 2) e nestes casos os índices de sucesso no tratamento variam de 85% (estadio 2) para 97% (estadio 1) e 100% (estadio 0 – tumores in situ).



Do total de pacientes, apenas 17% soube da doença quando a mesma já se encontrava avançada (estadios 3 e 4), no entanto, para eles o tratamento mostra-se mais complexo e com chances de cura reduzidas. O levantamento mostra que apenas 56% dos pacientes diagnosticados em estadio 3 vivem mais de 5 anos e o sucesso é ainda menor quando o diagnóstico ocorre em estadio 4 (quando há metástase), nos quais apenas 8% estão vivos após os mesmos 5 anos.



O cirurgião oncologista e diretor do Núcleo de Câncer de Pele e Dermatologia, João Duprat Neto, explica que há tecnologia de ponta no Brasil para diagnosticar precocemente a doença. “Hoje temos disponível no A.C.Camargo tecnologias de ponta para o acompanhamento de lesões e diagnóstico de tumores de pele como a dermatoscopia digital e a microscopia confocal. Quando o tumor está infiltrado até 1 milímetro na pele, há cura em mais de 95% dos casos”, explica.


Ainda de acordo com o especialista, há outros elementos que facilitam o diagnóstico cada vez mais cedo. "Pelo fato de o câncer de pele ser uma doença visível é mais fácil de ser vista por todos. Diferente do que ocorre com órgãos internos”, destaca Duprat Neto que, por sua vez, elenca os principais sinais de alerta. “Um crescimento na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida; uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho ou até mesmo uma mancha ou ferida que não cicatriza, que continua a crescer apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento”, detalha o especialista.



Coordenado pela equipe de Estatística em parceria com o Núcleo de Câncer de Pele e Dermatologia, o levantamento reuniu os dados de 490 pacientes mulheres e 574 homens de 17 a 97 anos, com média de idade de 51 anos. Desde total, 52% dos casos foram descobertos antes dos 50 anos e os outros 48% após esta idade.



Encontro com Especialistas - Com a proposta de trazer informações sobre como prevenir e fazer o diagnóstico precoce de melanoma e demais tipos de câncer de pele conhecidos como carcinomas basocelular e espinocelular, o Hospital A.C.Camargo realiza no dia 17 de janeiro, às 17h30, mais uma edição do Encontro com Especialistas. Com o tema Saúde da Pele, os principais alvos da interação entre plateia e a equipe do Núcleo de Câncer de Pele e Dermatologia serão a exposição cumulativa sem proteção aos raios solares inclusive em dias dublados, falta de aplicação correta do protetor solar, males causados pelo bronzeamento artificial, entendimento sobre até que ponto é indicada a obtenção de vitamina A por meio do sol, acompanhamento de pacientes por meio de dermatoscopia digital e microscopia confocal e identificação dos grupos de alto risco para desenvolvimento da doença.

CUIDADOS COM A PELE:

-Evitar exposição solar em qualquer horário, principalmente na faixa entre 10 e 16 horas (horário de verão).

-Fazer uso de chapéus, camisetas e protetores solares.

-É importante que as barracas usadas na praia sejam feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material.

-Para o uso de filtros solares, é sugerida a reaplicação a cada duas horas. O ideal é que o Fator de Proteção Solar (FPS) seja, no mínimo, 15.

-Em hipótese alguma o bronzeamento artificial pode ser considerável saudável para a pele.

Criado em 2011, o programa Encontro com Especialistas recebeu mais de 2 mil pessoas em suas edições, sendo opção de interação de pacientes, familiares, cuidadores e público em geral com suas dúvidas relacionadas a tipos de câncer de alta incidência na população brasileira. O evento é aberto ao público e a participação para quem não conseguir comparecer pode ocorrer com o envio de perguntas para qualquer um dos especialistas convidados pelos perfis oficiais e www.twitter.com/haccamargo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Médico é sequestrado no estacionamento da Santa Casa, mantido refém e ladrões levam BMW
EDUCAÇÃO
Arquitetura e Urbanismo do IFMS tem maior concorrência no 1º dia do Sisu
CHOCOLATE
Torta palha italiana repleta de brigadeiro, super cremosa
NAVIRAÍ
Trio é preso com revólver e maconha quando iam dar uma ‘voltinha’
EDUCAÇÃO
Em Semana Pedagógica, Senai alinha ações e calendário de atividades para 2019 no Estado
INSPIRE-SE
Apartamento de 46 m² com cozinha escondida e adega suspensa
CAPITAL
Governo reforça segurança no Aquário do Pantanal
DOURADOS
Festa com adolescentes e bebidas alcoólicas termina com 12 pessoas na delegacia
DADOS
Detran-MS é o primeiro do país a dispor de painel atualizado com números do trânsito
GOVERNO
Na Capital Federal, Reinaldo Azambuja se reúne com governadores do Brasil Central e ministros de Bolsonaro

Mais Lidas

OPERAÇÃO PREGÃO
Ex-secretário de Fazenda João Fava Neto é preso na Capital
POLÍCIA
Rapaz vai parar na cadeia após ser flagrado empinando moto em Dourados
POLÍCIA
Homem é flagrado com mais de 150 kg de cocaína em fundo falso de caminhão
PARANHOS
Sogro de narcotraficante é executado a tiros na região de fronteira