Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Deputados viajam irão buscar brasileiros presos nos EUA

14 dezembro 2003 - 13h48

A comissão externa do Congresso encarregada de acompanhar a situação dos brasileiros presos nos Estados Unidos viaja no dia 3 de janeiro ao país, para buscar 1,5 mil pessoas que respondem a processos na Justiça ou aguardam extradição para o Brasil, informou a Agência Câmara.O deputado João Magno (PT-MG), integrante da comissão, informou que o objetivo era viajar antes do Natal, mas a votação das reformas adiou a viagem por duas vezes. Segundo o deputado, os presos virão num vôo fretado e custeado pelo governo americano. As pessoas detidas nos Estados Unidos entraram no país sem a documentação adequada e hoje, dos 1,5 brasileiros irregulares, 900 estão nas cadeias americanas. Participam da Comissão Externa além do deputado João Magno, o deputado Inácio Arruda (PCdoB-CE) e os senadores Hélio Costa (-MG) e Bispo Crivela (PL-RJ). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia
VIOLÊNCIA
Líder rural é assassinada a facadas em assentamento no sudeste do Pará
DOURADOS
Homem é assaltado por trio quando trafegava próximo ao shopping
SELEÇÃO
Brasil enfrenta hoje o Panamá no primeiro amistoso da temporada
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiros são autuados em R$ 19,5 mil por quatro desmatamentos
DESACOMPANHADOS
Nova lei exige autorização judicial para menores de 16 anos viajarem
CENTRO
Jovem de 22 anos perde motocicleta durante assalto em Dourados
EDUCAÇÃO
IFMS divulga local de prova e ensalamento de concurso para docentes
PONTA PORÃ
Clientes de mercado ficam na mira de 4 bandidos durante assalto

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia