Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Dengue: Brasil tem 77 municípios em situação de risco e 375 em alerta

27 novembro 2012 - 16h15

Levantamento divulgado hoje (27) pelo Ministério da Saúde indica que 77 municípios brasileiros estão em situação de risco para a dengue, incluindo uma capital, Porto Velho. Nessas áreas, onde vivem mais de 5,7 milhões de pessoas, mais de 3,9% dos imóveis pesquisados apresentam larvas do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti.

Além disso, 375 cidades estão em situação de alerta para a dengue (índice de infestação entre 1% e 3,9%), enquanto 787 registraram índices considerados satisfatórios (menores que 1%).

A pesquisa foi realizada em 1.239 municípios brasileiros. No ano passado, 800 prefeituras haviam participado do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), feito pelo governo desde 2003.

Das 77 cidades em situação de risco para a dengue, 58 participaram da pesquisa pela primeira vez e dez mantêm a classificação desde o ano passado. Em 2011, 48 municípios foram identificados em situação de risco, 338 estavam em alerta e 414 apresentaram índice satisfatório.

No Nordeste, mais de 70% das larvas do mosquito se concentram em reservatórios de água. No Sudeste, mais da metade dos focos (59,2%) estão em depósitos domiciliares. No Sul e no Centro-Oeste, o problema maior é o lixo, enquanto no Norte há uma situação de equilíbrio entre o armazenamento de água e o lixo.

O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, lembrou que, em dezembro, o verão começa oficialmente no país e que o período é considerado predominante para a circulação do vírus da dengue. “Contamos com a parceria importante de estados e municípios para que a gente tenha uma mobilização com antecedência para evitar epidemias no próximo verão”, disse.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, alertou que o LIRAa funciona como uma espécie de fotografia de momento e que a circulação da dengue deve aumentar em alguns municípios. “Teremos mais chuvas, o que é um ambiente mais provável para infestação do mosquito. Certamente teremos municípios com situação de epidemia”, disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Homem é preso após assediar e ejacular sobre mulher em ônibus
JUSTIÇA
Fux volta atrás e autoriza multa a quem descumprir tabela do frete
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado por incêndio em vegetação de desmatamento
ECONOMIA
Chamadas de fixo para celular ficarão em média 0,4% mais baratas
UEMS
Universidade abre concurso para professores em quatro cidades de MS
AQUIDAUANA
Homem escorrega em barranco e desaparece nas águaa do Rio Negro
FENÔMENO
Vem aí a última chuva de meteoros do ano; veja dicas para observar
CAPITAL
Vendedora de salgados acha bolsa com o 13° de idosa e devolve
CAMPO GRANDE
Mulher cai em golpe do prêmio por telefone e perde quase R$ 3 mil
REAJUSTE
Petrobras eleva em 1,12% preço da gasolina nas refinarias

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto