Menu
Busca Segunda, 22 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Escola Sesc - Janeiro 2018

Corinthians leva sufoco, mas vence Al Ahly e vai à final do Mundial

12 Dezembro 2012 - 10h22

O Corinthians entrou como favorito o duelo contra o Al Ahly, mas levou sufoco do campeão africano nesta quarta-feira no Toyota Stadium. A equipe paulista não foi brilhante, jogou recuada e venceu por 1 a 0, assegurando presença na final do Mundial de Clubes. Guerrero marcou o gol da vitória. Agora o time de Tite está a uma vitória do bicampeonato.

Chelsea e Monterrey fazem nesta quinta-feira a outra semifinal. A decisão do título acontece no domingo, às 16h30, em Yokohama.

A prometida invasão da torcida do Corinthians em Toyota não ocorreu da forma como muitos esperavam. O estádio não estava lotado, com 31 mil espectadores. E a neve, que caiu em jogo das quartas da competição, dessa vez não apareceu. A temperatura foi de 4°C.

Logo nos primeiros minutos de jogo já se percebeu um Corinthians com total controle de bola. Os jogadores trocavam passes, mas sem conseguir se infiltrar na defesa, enquanto o time egípcio se resguardava na defesa.

O primeiro chute a gol aconteceu aos 9 min, com Douglas. Apesar do amplo controle de bola, o Corinthians não tinha pressa de se aventurar no ataque com vários jogadores e ficava travado no meio-campo.

Sem a bola, o Al Ahly deixava os 11 atletas em seu campo, tentando um contragolpe no 1º tempo. Formava-se uma muralha com cinco jogadores na defesa do Al Ahly.

A saída foi explorar a bola parada. E o gol corintiano surgiu de uma cobrança de escanteio. Douglas levantou para a área e Guerrero escorou: 1 a 0, aos 29 min da etapa inicial.

Cássio foi um mero espectador no primeiro tempo. O Al Ahly ameaçava basicamente em cruzamentos à área em faltas ou escanteios.

A vantagem de 1 a 0 ainda deixava o time corintiano preso, se precavendo de possíveis ataques rivais. Paulinho evitava jogadas de infiltração no começo do 2º tempo.

Timidamente o Al Ahly foi saindo para o jogo no segundo tempo. Rabia arriscou de longa distância, assustando Cássio. O time egípcio passou a ter as melhores chances.

Tite notou a queda de rendimento do time e chamou Romarinho, que entrou em campo aos 30 min da etapa final. Quem saiu foi Emerson, apagado no jogo.

Pouco depois Jorge Henrique substituiu Douglas. Assim como no primeiro tempo, o time paulista atacou muito pouco.

Da forma como o Corinthians recuou, o 1 a 0 era goleada. O time esperou o apito final para enfim respirar aliviado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Fazendeiro é autuado pela PMA por desmatamento de área ilegal
ECONOMIA
FMI eleva projeção de crescimento global e para o Brasil em 2018 e 2019
FMI eleva projeção de crescimento global e para o Brasil em 2018 e 2019
PROJETO
PEC garante aos municípios participação de 20% nos impostos a serem criados
PEC garante aos municípios participação de 20% nos impostos a serem criados
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e volta ao patamar de R$ 3,20
Dólar fecha em alta e volta ao patamar de R$ 3,20
CAPITAL
Vândalos saqueiam e depredam posto de saúde
AVISO
Até às 21h desta segunda-feira, alguns bairros podem ficar sem água
Comunicado é da Sanesul
DOURADOS
Prefeitura encaminha escrituração do Ginásio Municipal
COMBATE AO AEDES
CCZ notifica 17 imóveis por descumprir Lei da Dengue na região da Vila Sulmat
ECONOMIA
Estado abriu mais de seis mil empresas em 2017
OPORTUNIDADE
PM abre seleção para militares de MS atuarem na Força Nacional
PM abre seleção para militares de MS atuarem na Força Nacional

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após veículo bater em árvore na Hayel
PONTA PORÃ
Veículo furtado no centro de Dourados capota na BR-463
BR-463
Após perseguição, homem é preso com 700 quilos de maconha
WEIMAR
Mineiro perde veículo ao estacionar no centro de Dourados