Menu
Busca sábado, 16 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Contaminação por chumbo atinge 103 crianças na China

12 junho 2011 - 09h55

Uma contaminação por chumbo proveniente de fábricas de papel alumínio no leste da China envenenou gravemente 103 crianças e atingiu centenas de outros moradores no último caso relatado sobre toxinas industriais, reportou neste domingo (12) a agência oficial de notícias Xinhua.

Cerca de 12 crianças estão recebendo tratamento hospitalar por conta da intoxicação. Exames feitos em habitantes abaixo de 14 anos no município de Yangxunqiao, província de Zhejiang, detectaram a presença de 250 microgramas ou mais de chumbo por litro de sangue.

Outros 26 adultos foram identificados como caso de "envenenamento grave, com mais de 600 microgramas por litro de sangue", disse a agência, citando autoridades locais de saúde.

Além desses, cerca de 500 moradores da cidade foram diagnosticados com envenenamento moderado, com nível de 400 a 600 microgramas de chumbo por litro de sangue. "Trabalhadores e parentes, incluindo crianças, estão constantemente expostos a esses materiais em fábricas familiares", informou a Xinhua.

Em Yangxunqiao, 25 fábricas suspenderam a produção. A cidade abrange, ainda, cerca de 200 plantas que produzem folhas de estanho e empregam mais de 2.500 pessoas. A maioria dos trabalhadores nas unidades de papel alumínio são migrantes de regiões mais pobres, segundo a agência estatal.

Essa contaminação na China é o último registro de um problema que tem atingido muitas cidades e vilas do país, onde os moradores vivem muitas vezes a poucos metros de fábricas mal regulamentadas, que competem entre si para produzir mais barato. O crescimento industrial chinês, porém, tem esbarrado em uma preocupação cada vez maior das pessoas com a saúde.

A contaminação por chumbo pode ocorrer por exposição regular a pequenas quantidades desse metal pesado, que danifica os sistemas nervoso e reprodutor e os rins, além de causar pressão alta e anemia. A substância é especialmente prejudicial às crianças e pode levar a dificuldades de aprendizagem e problemas comportamentais.

O ministério do Meio Ambiente chinês pediu medidas urgentes para combater a intoxicação por chumbo, visto que casos de envenenamento em massa criam uma revolta popular generalizada. Mas Pequim tem falhado em combinar o compromisso de banir a contaminação com os recursos e a vontade política para cumprir essas exigências, já que as autoridades locais colocam faturamento, crescimento e empregos à frente da proteção ambiental e da saúde pública.

A China é o maior consumidor mundial de chumbo refinado, e a produção de baterias é responsável por 70% desse consumo, que este ano deve subir para 4,1 milhões de toneladas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Durante operação, contrabandistas são presos com mercadorias do Paraguai
REFORMA
Senado pode concluir na terça a votação da PEC Paralela da Previdência
POLÍCIA
Homem tenta reagir a assalto, mas perde mochila com livros, dinheiro e celular
SAÚDE
Um em cada seis homens tem câncer de próstata no Brasil, alerta Inca
VELOCIDADE
Verstappen conquista a pole para o GP Brasil de F-1; Vettel é segundo
PORTO MURTINHO
Velório é interrompido e corpo de menina afogada recolhido para perícia
POLÍCIA
Assaltante armado pula na frente de bicicleta para roubar celular na Via Parque
FUTEBOL
Clássico entre Santos e São Paulo abre hoje a 33ª rodada do Brasileirão
DOURADOS
Idoso é fechado por criminosos na Marcelino, é derrubado e tem moto ‘zero km’ roubada
ESPORTES
Tiro prático do Eco Pantanal Extremo bate recorde de inscrições

Mais Lidas

MARACAJU
Homem tenta fugir da polícia, capota carro com quase 1t de maconha e morre
DOURADOS
Vítima persegue suspeitos e homem é preso acusado de furto
INFORME PUBLICITÁRIO
‘Senhoritta’ terá feijoada na telha para 4 pessoas com chopp e caipirinha em dobro no feriado
CAMPO GRANDE
Mulheres fecham terminal e Guarda Municipal usa spray de pimenta para conter protesto