Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Contaminação por chumbo atinge 103 crianças na China

12 junho 2011 - 09h55

Uma contaminação por chumbo proveniente de fábricas de papel alumínio no leste da China envenenou gravemente 103 crianças e atingiu centenas de outros moradores no último caso relatado sobre toxinas industriais, reportou neste domingo (12) a agência oficial de notícias Xinhua.

Cerca de 12 crianças estão recebendo tratamento hospitalar por conta da intoxicação. Exames feitos em habitantes abaixo de 14 anos no município de Yangxunqiao, província de Zhejiang, detectaram a presença de 250 microgramas ou mais de chumbo por litro de sangue.

Outros 26 adultos foram identificados como caso de "envenenamento grave, com mais de 600 microgramas por litro de sangue", disse a agência, citando autoridades locais de saúde.

Além desses, cerca de 500 moradores da cidade foram diagnosticados com envenenamento moderado, com nível de 400 a 600 microgramas de chumbo por litro de sangue. "Trabalhadores e parentes, incluindo crianças, estão constantemente expostos a esses materiais em fábricas familiares", informou a Xinhua.

Em Yangxunqiao, 25 fábricas suspenderam a produção. A cidade abrange, ainda, cerca de 200 plantas que produzem folhas de estanho e empregam mais de 2.500 pessoas. A maioria dos trabalhadores nas unidades de papel alumínio são migrantes de regiões mais pobres, segundo a agência estatal.

Essa contaminação na China é o último registro de um problema que tem atingido muitas cidades e vilas do país, onde os moradores vivem muitas vezes a poucos metros de fábricas mal regulamentadas, que competem entre si para produzir mais barato. O crescimento industrial chinês, porém, tem esbarrado em uma preocupação cada vez maior das pessoas com a saúde.

A contaminação por chumbo pode ocorrer por exposição regular a pequenas quantidades desse metal pesado, que danifica os sistemas nervoso e reprodutor e os rins, além de causar pressão alta e anemia. A substância é especialmente prejudicial às crianças e pode levar a dificuldades de aprendizagem e problemas comportamentais.

O ministério do Meio Ambiente chinês pediu medidas urgentes para combater a intoxicação por chumbo, visto que casos de envenenamento em massa criam uma revolta popular generalizada. Mas Pequim tem falhado em combinar o compromisso de banir a contaminação com os recursos e a vontade política para cumprir essas exigências, já que as autoridades locais colocam faturamento, crescimento e empregos à frente da proteção ambiental e da saúde pública.

A China é o maior consumidor mundial de chumbo refinado, e a produção de baterias é responsável por 70% desse consumo, que este ano deve subir para 4,1 milhões de toneladas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGRESSOR DE BOLSONARO
STJ mantém Adélio Bispo no presídio federal de Campo Grande
CORUMBÁ
Idosa de 74 anos é flagrada ao levar cocaína para o filho presidiário
FUTEBOL
Grêmio oficializa venda do atacante Everton Cebolinha para o Benfica
MEIO AMBIENTE
Paranaense é multado em R$ 55 mil por desmatamento ilegal de vegetação
JUSTIÇA
Consumidora que não recebeu móveis planejados será indenizada
POLÍCIA
Adolescente morto em Douradina foi atingido com facada no peito
RIO DE JANEIRO
Tribunal Justiça emite mandado de prisão contra Queiroz e esposa
PONTA PORÃ
Homem é executado com tiros na cabeça em calçada na fronteira
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 1.007 mortes por Covid em 24 horas e ultrapassa 106 mil
POLÍTICA
Senadora Soraya Thronicke garante R$ 800 mil para assistência social

Mais Lidas

DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
VIDA NOTURNA
“Estão passando fome”: profissionais do sexo sofrem com a pandemia em Dourados
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades