Menu
Busca terça, 17 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Conheça 5 terapias que ajudam a por fim na transpiração excessiva

02 janeiro 2013 - 11h23

A transpiração, por mais incômoda que seja, é uma resposta natural e saudável do organismo às altas temperaturas. Quando seu corpo esquenta, o suor, em contato com o ambiente, evapora e tira um pouco do calor da pele e, consequentemente, da parte interna do corpo. O problema surge quando essa produção de suor é excessiva e causa constrangimento, doença chamada de hiperidrose.

A boa notícia é que já existem alguns tratamentos que podem amenizar ou até mesmo eliminar o incômodo. Segundo Carla Bortoloto, dermatologista e especialista em medicina estética do IPTCP (Instituto de Pesquisa e Tratamento do Cabelo e da Pele), esses tratamentos normalmente são feitos nas axilas, palmas das mãos e plantas dos pés, lugares com maior incidência de hiperidrose.

“O que determina qual método é o melhor para cada paciente é o nível de evidência, ou seja, a gravidade da situação. Os tratamentos trazem muito mais qualidade de vida para o paciente, portanto, são muito recomendados”, explica.

Confira abaixo os tratamentos mais indicados para resolver problemas de transpiração excessiva.

###Toxina botulínica (Botox)
Como é feito: assim como o Botox, é aplicado com injeções na região afetada, com anestésico tópico. O procedimento é feito em consultório por um dermatologista e dura 40 minutos.

Resultados: é considerado o melhor tratamento, pois elimina totalmente o suor enquanto durar o efeito. É preciso reaplicá-lo uma vez ao ano (a cada 10 meses, aproximadamente) e garante ótimos resultados, de forma que o paciente não apresenta nenhum suor e muitos não sentem necessidade de usar desodorante.

###Desodorantes com hidróxido de alumínio
Como é feito: aparenta um desodorante comum, porém, contém um composto químico chamado hidróxido de alumínio. Não é vendido pronto, e sim manipulado em laboratórios a partir de uma receita médica dada por um dermatologista.

Resultados: diminui a sudorese excessiva, mas não a elimina. Indicado para quem tem o problema de forma leve. Os resultados podem demorar até 90 dias para aparecer.

###Iontoforese
Como é feito: é um tratamento que pode ser feito em casa. A partir de placas elétricas colocadas nas palmas das mãos ou plantas dos pés (não é indicado para axilas), há a troca de carga elétrica da pele de positiva para negativa.

Resultados: diminui a sudorese em até 40%. As aplicações têm que ser feitas durante 15 minutos, diariamente. O tratamento está caindo em desuso pela falta de disponibilidade dos pacientes de fazer a aplicação todos os dias.

###Medicamentos (metabloqueadores e ansiolíticos)
Como é feito: os medicamentos metabloqueadores são largamente indicados para quem tem pressão alta, mas em doses menores podem ajudar a reduzir a sudorese excessiva. Os ansiolíticos (remédios que diminuem a ansiedade) também são indicados em alguns casos. Todos precisam ser tomados diariamente e necessitam de prescrição médica.

Resultados: os resultados mudam de acordo com cada paciente, mas podem diminuir a sudorese de 30% a 40%.

###Simpapectomia (cirurgia)
Como é feito: é o método mais invasivo. Feito em hospitais com aplicação de anestesia local, é realizada uma cirurgia diretamente na região e é eliminado o nervo responsável pelo controle do suor.

Resultados: elimina a sudorese quase completamente. Porém, há o risco de um efeito colateral chamado sudorese compensatória, quando outra região começa a suar no lugar daquela em que foi feita a cirurgia. Por exemplo, uma pessoa que foi operada nas axilas pode começar a ter sudorese na barriga.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SECURA
Sem chuva há quase 40 dias, umidade do ar fica abaixo de 30% em Dourados
JAPORÃ
Promotora faz visita surpresa e descobre que bioquímico de posto de saúde trabalha em outra cidade
DIÁRIO OFICIAL
Publicado edital para eleição complementar do Conselho de Alimentação
SEU BOLSO
Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas
REFUGIADOS
54% dos venezuelanos que entraram no Brasil por RR desde 2017 já deixaram o País
CRIME AMBIENTAL
PMA captura anta com ferimentos em rancho de Coxim
FURTO EM COMÉRCIO
Guarda Municipal prende autora de furto em mercado de Dourados
VOLTA AO JAPÃO
Zico é anunciado como diretor técnico do Kashima Antlers
ACIDENTES NO TRÂNSITO
Homens recebem 75% das indenizações do DPVAT
REPRESSÃO AO TRÁFICO
Polícia Federal faz operação contra roubos de carga em AL e mais cinco estados

Mais Lidas

ACIDENTE
Douradense morre horas depois de cair do cavalo em fazenda
BUSCAS
Pai busca notícias sobre filho adolescente desaparecido em Dourados
DOURADOS
Polícia prende assassino de mecânico morto a pauladas
DOURADOS
Homem é assassinado na porta da própria casa