Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Companhias aéreas podem ter de reservar assento-conforto para deficientes

10 janeiro 2013 - 17h35

A Câmara analisa proposta que obriga as companhias aéreas a reservar, de forma gratuita, os assentos da primeira fileira da classe econômica para idosos, gestantes, lactantes, deficientes e pessoas com crianças de colo. A medida está prevista no Projeto de Lei 4445/12, do deputado Geraldo Resende (PMDB-MS).

A reserva de lugares já está prevista na Lei 10.048/00 para as empresas públicas e as concessionárias de transporte coletivo. A proposta acrescenta as aéreas nesse grupo.

Pelo texto, para ter acesso ao benefício, as pessoas listadas deverão informar sua condição na hora da reserva. Caso não haja passageiros com necessidades especiais suficientes para preencher os assentos, as empresas poderão oferecer os lugares a outras pessoas.

Assento-conforto

Resende lembra que as empresas aéreas vêm cobrando pelo assento mais espaçoso, conhecido agora como assento-conforto. “Aos passageiros com necessidades especiais, os assentos são disponibilizados somente mediante o pagamento de tarifa referente à utilização desses assentos. Diante desse absurdo, propomos a mudança na legislação, com vistas a estender a esses usuários o conforto que já é garantido a eles em lei no transporte coletivo”, argumentou.

Tramitação

O projeto, que irá a Plenário, foi apensado ao PL 3249/12 e será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; Viação e Transportes; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Curso de Pedagogia promove encontro brincante hoje em Dourados
ECONOMIA
Petrobras reduz preço da gasolina na refinaria em 4,4% a partir deste sábado
AMAMBAI
Jovem é preso após abandonar veículo com 353 quilos de maconha
TEMPO
Sábado de sol e com temperatura baixa em Dourados
UAU
Giovanna Ewbank encanta de topless nas Maldivas
REGRAS FLEXÍVEIS
Órgão do MPF diz que novo decreto sobre armas pode favorecer milícias
CAMPO GRANDE
Homem aceita se encontrar com marido de colega e é agredido a pauladas
INVESTIGAÇÃO
Queiroz pagou R$ 133 mil em dinheiro por cirurgia em hospital de SP
LADÁRIO
Com motorista refém no MT, casal é preso tentando levar carreta para Bolívia
BRASIL
Governo federal estuda aluguel social no Minha Casa Minha Vida

Mais Lidas

APÓS INVESTIGAÇÃO
Polícia conclui que atentado registrado por vereadora foi acidente de trânsito
VILA CACHOEIRINHA
“Boca” é fechada, mulher é presa e diz traficar pelo baixo valor do salário mínimo
TRÁFICO
Motorhome com destino a São Paulo é apreendido com mais de 4 toneladas de maconha
MS-156
Dupla é presa pela PF com pistolas entre Dourados e Itaporã