Menu
Busca sexta, 18 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Comemoração? 89 feridos após conquista de titulo nas ruas de Barcelona

29 maio 2011 - 11h42

Barcelona (EFE) - Um total de 89 pessoas ficaram feridas, 74 de forma leve e outras 15 em estado mais grave que necessitaram ser hospitalizadas, nos incidentes desta noite durante a comemoração da vitória do Barcelona na Liga dos Campeões.

Fontes do Sistema de Emergências Médicas catalão confirmaram à Agência Efe que dos 89 feridos, 74 foram atendidos por este serviço médico e tiveram alta no próprio lugar dos fatos, entre eles 15 Mossos d'Esquadra (Polícia local da Catalunha) e dois guardas urbanos.

Outras 15 pessoas, entre elas um policial, foram levados para hospitais, dez delas em estado grave.

Os distúrbios desta noite começaram quando um grupo de jovens começou a jogar garrafas e outros objetos contra um cordão de isolamento do grande dispositivo policial desdobrado nos arredores da fonte de Canaletas, palco tradicional de celebração azulgrana.

Os incidentes, com ações da Polícia, se prolongaram durante pelo menos duas horas, primeiro concentrados em uma área da rua Pelayo, vizinha de Canaletas, e depois mais gerais em toda a área, com corre-corre em direção à praça Catalunya evitado, no entanto, pelos 2.000 "indignados" que continuam no local com seu acampamento.

Prisões

Vinte pessoas também foram detidas esta noite nos incidentes entre um grupo de jovens e os Mossos D'Esquadra (polícia da Catalunha) durante a comemoração da vitória do Barcelona na área da fonte de Canaletas, confirmaram à Agência Efe fontes policiais.

Às 2h30 (horário local, 21h30 de sábado em Brasília) da madrugada deste domingo continuavam os confrontos entre os jovens, que jogavam garrafas e objetos, e os policiais na rua Pelayo, perto do tradicional ponto de encontro da torcida azulgrana onde os torcedores do Barcelona festejavam a conquista da Liga dos Campeões.

Ao redor de cerca de 200 pessoas se encontram na zona dos incidentes, aonde chegaram reforços policiais e acontecem ações dos Mossos para deter quem está protagonizando os distúrbios.

A atuação da Polícia contra o grupo confinado na área da rua Pelayo causou momentos de confusão e provocou repetidas fugas de torcedores azulgrana.

Enquanto isso, no centro da praça de Catalunya os "indignados", que realizam um protesto e decidiram no sábado à tarde manter seu camping, formaram cordões de segurança para impedir que grupos descontrolados entrem em sua área.

Cerca de 2.000 pessoas, segundo fontes policiais, estão na praça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Isis Valverde arranca suspiros ao posar de biquíno: "verão, seu lindo"
CAPITAL
Idosos perdem mais de R$ 2 mil em golpe do falso sobrinho
COXIM
Jovem picada por cobra na região do Pantanal é socorrida por avião
17º DIA DE GESTÃO
Governador do Mato Grosso decreta estado de calamidade financeira
RIO BRILHANTE
Polícia investiga grupo que fez arrastão em cerca de 30 prédios
CINCO VAGAS
Tribunal de Justiça de Santa Catarina abre concurso a juiz substituto
TRÊS LAGOAS
PMR flagra dupla com mais de R$ 14 mil sem comprovação de origem
PRECAUÇÃO
Fux diz que, se não suséndesse investigação, provas seriam anuladas
SISU
UFGD divulga local de matrícula e lista de vagas por curso e modalidades
INOVAÇÃO
Comarca de Mundo Novo faz depoimento com intérprete de língua indígena

Mais Lidas

VINGANÇA
Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico
FRONTEIRA
Ex-candidato a prefeito, tio de narcotraficante é executado em Ponta Porã
DOURADOS
Homem danifica carro por vingança em estacionamento de hipermercado e acaba preso
PARANHOS
Operação contra traficantes que abasteciam morros cariocas prende dois em MS