Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Comemoração? 89 feridos após conquista de titulo nas ruas de Barcelona

29 maio 2011 - 11h42

Barcelona (EFE) - Um total de 89 pessoas ficaram feridas, 74 de forma leve e outras 15 em estado mais grave que necessitaram ser hospitalizadas, nos incidentes desta noite durante a comemoração da vitória do Barcelona na Liga dos Campeões.

Fontes do Sistema de Emergências Médicas catalão confirmaram à Agência Efe que dos 89 feridos, 74 foram atendidos por este serviço médico e tiveram alta no próprio lugar dos fatos, entre eles 15 Mossos d'Esquadra (Polícia local da Catalunha) e dois guardas urbanos.

Outras 15 pessoas, entre elas um policial, foram levados para hospitais, dez delas em estado grave.

Os distúrbios desta noite começaram quando um grupo de jovens começou a jogar garrafas e outros objetos contra um cordão de isolamento do grande dispositivo policial desdobrado nos arredores da fonte de Canaletas, palco tradicional de celebração azulgrana.

Os incidentes, com ações da Polícia, se prolongaram durante pelo menos duas horas, primeiro concentrados em uma área da rua Pelayo, vizinha de Canaletas, e depois mais gerais em toda a área, com corre-corre em direção à praça Catalunya evitado, no entanto, pelos 2.000 "indignados" que continuam no local com seu acampamento.

Prisões

Vinte pessoas também foram detidas esta noite nos incidentes entre um grupo de jovens e os Mossos D'Esquadra (polícia da Catalunha) durante a comemoração da vitória do Barcelona na área da fonte de Canaletas, confirmaram à Agência Efe fontes policiais.

Às 2h30 (horário local, 21h30 de sábado em Brasília) da madrugada deste domingo continuavam os confrontos entre os jovens, que jogavam garrafas e objetos, e os policiais na rua Pelayo, perto do tradicional ponto de encontro da torcida azulgrana onde os torcedores do Barcelona festejavam a conquista da Liga dos Campeões.

Ao redor de cerca de 200 pessoas se encontram na zona dos incidentes, aonde chegaram reforços policiais e acontecem ações dos Mossos para deter quem está protagonizando os distúrbios.

A atuação da Polícia contra o grupo confinado na área da rua Pelayo causou momentos de confusão e provocou repetidas fugas de torcedores azulgrana.

Enquanto isso, no centro da praça de Catalunya os "indignados", que realizam um protesto e decidiram no sábado à tarde manter seu camping, formaram cordões de segurança para impedir que grupos descontrolados entrem em sua área.

Cerca de 2.000 pessoas, segundo fontes policiais, estão na praça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Dólar fecha em alta e volta ao patamar de R$ 4,16
FUTEBOL FEMININO
Pia Sundhage chama Marta em nova convocação para amistosos
POLÍCIA
PRF apreende caminhonete com cerca de 3 toneladas de maconha
SIDROLÂNDIA
Homem é preso acusado de estuprar criança de 3 anos
FESTA
2ª Peixada Dourados News é no sábado e vendas de camisetas convites entram na “reta final”
TV
Programa coloca cenário artístico do MS no centro do jornalismo diário
DOURADOS
Justiça concede liberdade a mulher que liderava quadrilha presa com 1t de maconha
BRASIL
Alvo da PF, Bezerra põe o cargo de líder do governo no Senado à disposição
CRIME AMBIENTAL
Grupo é multado em quase R$ 300 mil por desmatamento ilegal
QUEIMADAS
MS recebe suporte do Governo Federal para combate aos incêndios

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção