Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Com 77% dos votos, Aline é primeira eliminada do 'BBB13'

16 janeiro 2013 - 08h59

Kléber Bambam pode não ter acertado na porcentagem, mas fez uma previsão certeira. No primeiro Paredão do ano do BBB13, a carioca Aline foi eliminada com enorme rejeição do público. Indicada para a berlinda pela Líder da semana, Fani Pacheco, ela disputou a preferência dos telespectadores com Ivan, o discreto professor de inglês natural do interior paulista, recebendo 77% dos votos. Em discussão com a sister, o vencedor da edição de estreia do programa, ocorrida no distante ano de 2002, afirmou que ela sairia do reality com índice de 95%.

"Vocês estão aqui para vender a si próprios para o público. Mas tem que saber vender", discursou o apresentador do Big Brother Brasil, Pedro Bial, antes de anunciar o resultado. "Vence o mais convincente. Ser convincente e ter persuasão são as armas. Quem tenta se impor corre o risco, porque ninguém compra nada por imposição. Talvez esse seja o único pecado do eliminado. Pecado que não tem perdão."

Desde o início, Aline mostrou que seria uma pessoa conflituosa na casa. Na Prova de resistência que premiou Nasser com um carro, no primeiro dia de confinamento, a recepcionista teve uma longa discussão com Bambam, logo apoiado por outro veterano do reality, Eliéser. "Você vai ser a mais complicada aqui na casa. É feio fazer isso. Palavra tem muito valor", atacou o DJ, em resposta a uma crítica da sister em relação aos ex-participantes que posaram nus após o programa - tanto ele quanto Eliéser saíram na capa de edições da G Magazine, voltada para o público homossexual.

A animosidade entre os dois se manteve. Na quinta-feira passada, após a Prova do Líder, vencida pelos veteranos - com direito a Bambam, o último a finalizá-la, provocando os adversários com gestos e sorrisos de zombaria -, Bial perguntou a Aline qual eram suas impressões sobre o brother. "eu achava que hoje fosse ficar bem com ele, mas, depois de ontem, não dá. Ele foi ridículo! Jogar é uma coisa, mas, para mim, aquilo foi jogo sujo. Eu vim para cá para jogar como faço na vida, jogando limpo."

O ataque de Aline foi visto com maus olhos pelos confinados, que não gostaram da postura de alfinetar o brother de tal maneira em rede nacional. "Nunca tinha visto aquilo em nenhuma outra edição", criticou Eliéser em conversa com os veteranos. "Você tem que ficar esperta, porque, com esse comportamento, vai acabar tendo aqueles 95% de rejeição (no Paredão)", a aconselhou Aslan.

"Eu não errei em lugar nenhum", se defendeu Aline em rápida entrevista a Bial após o anúncio da eliminação. "Eu sou assim. Erraria se dissesse que era uma coisa e mostrasse outra. Agora só quero trabalhar muito e ficar com a minha família."

###Novo comportamento
Tornou-se comum em todas as edições anteriores do Big Brother Brasil um momento muito particular durante os Paredões. Na hora em que Pedro Bial apresentava na telinha os parentes aos brothers, a mesma atitude previsível era tomada pela maioria deles: aparência de alegria incontrolável, com gritos, pulos e a questão de identificar cada um que aparecia no vídeo - como mãe, pai...Rex.

Surpreendentemente, no primeiro Paredão do ano, Aline e Ivan foram contidos. E não pouco. Ao ouvir Pedro Bial anunciar a presença de seus pais e até do namorado, a recepcionista carioca sequer se levantou do sofá - movimento realizado bem vagarosamente somente quando surgiram as imagens deles na tela. O professor de inglês paulista não foi muito diferente. Até apontou com o dedo alguns de seus familiares, mas apenas com um sorriso discreto no rosto, sem chegar nem perto da afobação exibida por tantos outros brothers em anos anteriores.

###Fim da aliança
Desde que entraram na casa, Eliéser e Dhomini têm parecido quase irmãos. Conversam o tempo todo, fazem brincadeiras, se comportam feito velhos amigos. Mas a Prova da Discórdia, ocorrida na noite de segunda-feira (14), mudou essa situação. "Para mim, o jogo começou ontem (segunda). Percebi que às vezes amigos são só jogadores e, daqui para frente, considero todos aqui jogadores", alfinetou Eliéser em conversa com Pedro Bial, no programa desta terça-feira (15).

O motivo para o comentário foi uma crítica feita pelo mineiro ao paranaense na atividade, criada exclusivamente para causar desentendimentos no programa, na qual Fernanda ganhou o Poder do Não para a próxima disputa pela liderança da casa - obrigação de tirar quatro de seus colegas do direito de competir pelo posto. Nela, Dhomini afirmou que o defeito de Eliéser é "falar as coisas e não cumprir", frase logo resumida por Bial com a palavra "falso".

"Você me chamou de falso! De um cara que fala as coisas e não cumpre! Poderia ter falado comigo antes e poupado uma situação dessas", criticou o paranaense no quarto depois da alfinetada, já na madrugada de terça. "E por que você não foi homem?", devolveu Dhomini, já bastante alterado com o tom de discussão assumido pelo colega. "Você tá sendo um idiota! Eu não precisava falar com você antes. O problema foi você falar que ia votar em alguém e não votar", completou, lembrando que o brother não votou em André como havia combinado com ele e sim em Ivan.

Foi o suficiente para a aliança que parecia indissolúvel terminar. "Você ainda me chamou de burro na prova. Sou formado, pós-graduado", continuou Eliéser. "Então usa!", rebateu Dhomini, demonstrando impaciência. "Mais alguma coisa, doutor? Mais alguma coisa ou posso dormir? Se eu deitar aqui você não vai voltar com essa ladainha toda aí, né?"

Inconformado, o paranaense deixou o recinto e se dirigiu à área externa da casa, onde fez questão de contar a todos os confinados sobre o ocorrido. "Ele aproveitou um jogo ao vivo para me chamar de falso para o Brasil inteiro. Ficou quietinho...ele não tava protegendo o grupo?", desabafou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ID ESTUDANTIL
MEC informa que emissão da "Carteira de Estudante" não está disponível
CRIME AMBIENTAL
Trator passando em cima de jacarés será investigado pela PMA
BELA VISTA
Condenada por matar filha bebê é encontrada morta em presídio
PROTESTOS
Com estradas bloqueadas, Bolívia vive escassez de comida e combultível
POLÍTICA
Mochi vai assumir comando estadual do MDB no lugar de André
CAPITAL
Após separação, jovem tenta matar ex-marido a golpes de faca
TRANSPORTE DE CARGA
Governo Federal altera tabela de frete e inclui pedágio no valor
ECONOMIA
Selo Arte vai abrir horizonte de oportunidades em MS, diz Reinaldo Azambuja
BRASIL
União oficializa desbloqueio de R$ 13 bilhões do Orçamento de 2019
APOSTAS
Loterias sorteiam R$ 55,6 milhões até quarta-feira

Mais Lidas

POLÍCIA
Vereador é agredido e roubado quando ia para igreja em Dourados
DOURADOS
Motociclista fica gravemente ferido após colisão no Parque Alvorada
FURTO
Casal é flagrado dentro de panificadora fechada na madrugada
DOURADOS
Mulher ameaça policiais com facão em abordagem por manobras perigosas