Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2019
(67) 9860-3221
BRASIL

Cerca 100 mil empresas serão impedidas de transmitir declaração do Simples

23 outubro 2017 - 16h05Por Agência Brasil

Aproximadamente 100 mil micro e pequenas empresas estarão impedidas de transmitir a Declaração Mensal do Simples Nacional (PGDAS-D) do mês de novembro, alertou a Receita Federal. O PGDAS-D é um aplicativo disponível no Portal do Simples Nacional, que serve para o contribuinte efetuar o cálculo dos tributos devidos mensalmente na forma do Simples Nacional e imprimir o documento de arrecadação (DAS).

Nos últimos anos, a Receita Federal vem trabalhando no combate a diversos tipos de fraudes detectadas nas informações prestadas pelas empresas por meio das declarações apresentadas ao órgão.

No caso dos contribuintes do Simples Nacional, a Receita já identificou quase 100 mil empresas que, sem amparo legal, assinalaram no PGDAS-D campos como “imunidade”, “isenção/redução-cesta básica” ou ainda “lançamento de ofício”. Essa marcação acaba por reduzir indevidamente o valor dos tributos a serem pagos, explicou a Receita.

A partir do dia 21 de outubro, a empresa que foi selecionada na malha da Receita, antes de transmitir a declaração do mês, terá de retificar as declarações anteriores, gerar e pagar o DAS complementar para se autorregularizar, evitando assim penalidades futuras, como a exclusão do regime do Simples Nacional. O próprio PGDAS-D apontará as declarações a serem retificadas.

“A Receita informa ainda que as empresas não serão pegas de surpresa. Essa ação já foi amplamente divulgada por notícias publicadas tanto no sítio da Receita quanto no Portal do Simples Nacional, com orientações para o contribuinte se autorregularizar”, destacou o órgão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV
Gloria Maria passa frio na Noruega e ganha novos memes na internet
ESPORTE
Brasileiros avançam na quinta etapa do Mundial de Surfe
POLÍTICA
Após encarar o Senado, Moro é convidado para falar a deputados federais na terça
POLÍCIA
PMA autua paulista em R$ 6 mil por exploração e armazenamento de madeira ilegal
TRÊS LAGOAS
Reeducandos constroem novo espaço para hospital em MS
NAVIRAÍ
Homem bate na ex-mulher e leva filha de quatro meses para a casa da avó
CORUMBÁ
Jovem é esfaqueada por desconhecida durante festa de arraial
DEPUTADA
Flordelis cita calúnias e defende os filhos após morte de marido
FUTEBOL
Em post, Daniel Alves anuncia despedida do PSG: "Que não sintam falta das minhas loucuras"
POLÍTICA
Reforma da Previdência: discussões seguem em meio a semana de São João

Mais Lidas

CAPITAL
Pai atira no próprio filho por dívida de R$ 2 milhões
POLÍCIA
Homem tem R$ 500 roubados após negar programa a travesti em Dourados
POLÍCIA
Ladrão é preso após esconder TV furtada de restaurante em cemitério
COSTA RICA
Mulher é morta pelo ex-namorado com golpes de canivete no pescoço