Menu
Busca sábado, 15 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
APROVADO

Câmara aprova publicação obrigatória de preços de serviços públicos na internet

13 outubro 2017 - 18h35Por Agência Brasil

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou esta semana proposta que torna obrigatória a publicação de tabelas com preços e tarifas de serviços públicos.

As tarifas de água, luz, telefone e gás serão publicadas nas páginas na internet das concessionárias e prestadoras desses serviços, assim como os reajustes dos últimos cinco anos. As tabelas com os preços deverão conter endereços, telefones e outras formas de contato para atendimento regular e de emergência e para receber reclamações dos usuários.

A proposta tem por objetivo proporcionar transparência e prestação de contas à sociedade pelas prestadoras de serviços públicos sob regime de concessão, permitindo que o consumidor compare os preços praticados por empresas que oferecem o mesmo serviço.

Desse modo, a população pode acompanhar eventuais abusos de aumento de preços.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Jovem colide veículo em poste na avenida Marcelino Pires
POLÍCIA
Caso João de Deus pode ter envolvimento de 4 funcionários
DOURADOS
Sábado quente e com probabilidade de chuva
MS
Governador reeleito fala sobre regionalização da saúde e de "transparência", em diplomação
BRASIL
Temer assina extradição de Cesare Battisti
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar R$ 42 milhões neste sábado
MS
Diplomados pelo TRE/MS 24 deputados estaduais eleitos em 2018
SHOWBIZ
De biquíni, Bia e Bianca Feres fazem pose de ioga e brincam: "esquenta"
EDUCAÇÃO
Matrículas da Reme seguem até o dia 13 de janeiro pela internet
CAMPO GRANDE
Justiça mantém prisão de militar que usou veículo de motorista pagar agiota

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a facadas horas após sair da prisão
DOURADOS
Homem morto a facadas foi preso em novembro por tentar atropelar a mulher
ITAPORÃ
Operação mira roubos encomendados de dentro da PED
CRIME AMBIENTAL
Polícia fecha rinha de galo em Dourados e homem é multado em mais de R$ 16 mil