Menu
Busca segunda, 15 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
MEDIDA

Caixa reduz para 50% limite para financiamento de imóveis usados

23 setembro 2017 - 13h10

A partir desta segunda-feira (25), os mutuários terão mais dificuldade em financiar a compra de imóveis usados. A Caixa Econômica Federal reduziu para 50% do valor do imóvel o limite máximo de financiamento. Atualmente, os clientes poderiam financiar até 60% ou 70% do montante dependendo do tipo de linha de crédito contratada.

A redução vale para todas as modalidades, como Minha Casa Minha Vida, empréstimos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (que usa recursos da poupança).

Em nota divulgada na noite dessa sexta-feira (22), o banco informou que o novo limite vigorará para as futuras operações de crédito. As propostas em análise entregues até esta semana continuarão a operar sob os limites antigos, caso o empréstimo seja liberado.

Responsável por 70% do crédito imobiliário no país, a Caixa informou que a redução dos limites ajusta o capital disponível da instituição financeira às condições do setor, cujo volume de crédito está crescendo neste ano. De maio a julho, o valor das concessões de financiamentos com juros regulados – como os imobiliários – somou R$ 2,4 bilhões, alta de 24% em relação ao trimestre anterior (fevereiro a abril).

Imóveis novos

Num cenário de crescimento da demanda por crédito em meio a um capital limitado, a Caixa está dando prioridade aos financiamentos para a aquisição de imóveis novos. Em agosto, o banco tinha reduzido de 90% para 80% do valor da unidade o teto para a compra de imóveis novos e de 90% para 60% ou 70% o limite para a compra de imóveis usados.

Em maio, a Caixa tinha suspendido para o restante do ano a linha pró-cotista FGTS, que usa recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o financiamento de unidades de até R$ 950 mil e cobra juros de até 8,66% ao ano de trabalhadores com carteira assinada.

O banco alegou falta de recursos e informou que a linha – a segunda mais barata depois do Minha Casa, Minha Vida – só será retomada em 2018.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018
Haddad diz que missão do professor é se doar para o outro aprender
ARTIGO
O fim dos partidos inviáveis
BONITO
Homem é assassinado após discussão em pousada
ELEIÇÕES 2018
Deputados federais eleitos em MS gastaram de R$ 0,02 a R$ 33 por voto
ELEIÇÕES 2018
Bolsonaro afirma que vai resgatar o respeito em sala de aula
GERAL
Ganhadora de carro 0km do Grupo ABV é de Dourados
DOURADOS
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia será nas aldeias Bororó e Jaguapiru
RURAL
MS inicia outubro com quase 90% da safra 2017/18 de soja comercializada
DOURADOS
Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
EDUCAÇÃO
Último dia de pagamento da taxa de inscrição de concurso público do IFMS

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista sofre atropelamento e fica em estado gravíssimo
DOURADOS
Traficante que atuava com “disk drogas” é preso
TRAGÉDIA
Douradense morre em acidente no RS
DOURADOS
Dois são presos por promover festa para menores de idade “regada” com bebida alcoólica