Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Caem reclamações contra bancos e consórcios em novembro, informa BC

17 dezembro 2012 - 16h15

O número de reclamações feitas ao Banco Central (BC) contra instituições financeiras caiu de outubro para novembro, segundo dados divulgados hoje (17). No mês passado, as queixas consideradas procedentes pelo BC chegaram a 1.382 contra os bancos, e a 21 sobre administradoras de consórcios, equivalente a uma queda de 6,49% e 12,5% em comparação a outubro, respectivamente. Em relação a novembro de 2011, a redução foi 11,9% e 41,6%.

A principal reclamação contra os bancos (217 casos) foi o débito não autorizado. Em seguida, vem a cobrança irregular de tarifa (com 172 casos) e a prestação de serviço irregular da conta-salário (167).

No caso das administradoras de consórcios, as principais reclamações foram sobre liberação de crédito (nove casos) e esclarecimentos incompletos ou incorretos (cinco casos).

Entre os bancos com mais de 1 milhão de clientes, o maior registro de reclamações foi contra o Banco do Brasil, com 346. Em seguida, estão Bradesco (310) e Itaú (204).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Flávia Monteiro se diverte em praia do Ceará: "minha alma é uma eterna criança"
NOVA ANDRADINA
Menor agride mãe, ateia fogo em móveis, se tranca em cômodo e é salvo pela PM
UEMS
Acadêmicos participam de amistoso de Futebol Suiço na Aldeia Jaguapiru
ITAQUIRAÍ
Casal é investigado por golpes contra idosos que somam mais de R$ 500 mil
NOVO DECRETO
Exército vai definir em 60 dias quais armas cidadãos vão poder comprar
ACIDENTE
Motorista pega no sono e bate caminhão na traseira de outro na BR-163
FUTEBOL
Fifa desiste de fazer Copa do Mundo do Catar com 48 seleções
CRIME AMBIENTAL
Ambiental fecha suinocultura instalada em área protegida de nascentes
JUSTIÇA
Banco é condenado a ressarcir cheque extraviado de R$ 29 mil
UEMS
Estão abertas as inscrições para a VI edição do Enepex

Mais Lidas

POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
PEDRO JUAN
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia
DOURADOS
Tropa de Choque chega à PED após suspeita de túnel e motim