Menu
Busca Segunda, 22 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Escola Sesc - Janeiro 2018

Brasil tem 24 milhões de analfabetos, diz IBGE

02 Dezembro 2003 - 14h08

O número de não-alfabetizados brasileiros é quatro vezes maior que o de brasileiros com curso superior completo. A conclusão é do Censo 2000 sobre educação, divulgado hoje pelo IBGE, que aponta a existência de 24 milhões de analfabetos no País, ou 84% da população acima dos 5 anos. Embora ainda seja alta, a proporção de analfabetos com 5 anos ou mais caiu significativamente na última década: de 25,1% em 1991 para 16,7% no Censo de 2000. Em número absolutos, isso mostra que são sete milhões de analfabetos a menos. Entre o total de alfabetizados com 5 anos ou mais de idade (129,3 milhões), mais da metade é formada por pessoas que se declararam brancas (56,8%), seguidas pelas pardas (35,9%), pretas (5,8%), amarelas (0,5%) e indígenas (0,4%). Em relação à população não-alfabetizada (24 milhões), 51,5% são pardos; 37,2%, brancos; 9,5%, pretos; 0,8%, indígenas e 0,2%, amarelos. No entanto, deve-se ressaltar que, a análise de informações de cada grupo de cor, isoladamente, indica resultados bem diferentes. Por exemplo, na população total de indígenas (652 mil pessoas), 30,2% não são alfabetizados, o maior percentual. Em seguida estão os negros, cuja população é de 9,8 milhões e o percentual de não-alfabetizados é 23,2%. Em relação aos pardos, com população de 58,7 milhões, o percentual é de 21,1%; entre os 82,4 milhões de brancos, 10,9% e dos 720 mil amarelos, 6,6% não são alfabetizados. Apesar da melhoria da situação educacional ao longo dos anos, principalmente na faixa etária de 10 a 14 anos, cujo percentual de crianças freqüentando escola é quase universal (94,6%), as informações sobre o acesso à escola mostram que apenas 1/3 da população brasileira estuda. Em outras palavras, entre a população de quase 170 milhões, pouco mais de 53 milhões (31,4%) freqüentam escola. E quanto menor o rendimento mensal familiar, menores são as possibilidades de freqüência a um estabelecimento de ensino. No grupo de 4 a 7 anos de idade, formado por um total de 13,3 milhões de crianças, cerca de 31% (4,1 milhões) estão fora da escola no país. Nos municípios das capitais a situação não é melhor: de um total de 2,8 milhões de crianças de 4 a 7 anos, quase 690 mil não estudam (24,4%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TELEVISÃO
Para não sair do ar, Geraldo Luís perderá metade do Domingo Show
SAÚDE
Blitz no carnaval de Dourados irá conscientizar sobre IST/Aids
TRANQUILIDADE
Destinos para quem quer um carnaval mais tranquilo
MARUN
Governo vai buscar "caminho jurídico" para garantir posse de Cristiane Brasil
COTAÇÕES
Petrobras anuncia redução nos preços do diesel e da gasolina
CASA PRÓPRIA
Prefeitura de Dourados regularizou mais de 500 imóveis em 2017
DROGA EM VAN
Jovem que viajava em van é preso com cinco tabletes de maconha
EDUCAÇÃO
Inscrições para o Sisu 2018 começam nesta terça-feira
CONCURSO
Divulgado resultado definitivo da prova de títulos para Delegado de Polícia
ABV 30 ANOS
Supermercado realiza último sorteio da Campanha Abevê 30 anos

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após veículo bater em árvore na Hayel
PONTA PORÃ
Veículo furtado no centro de Dourados capota na BR-463
BR-463
Após perseguição, homem é preso com 700 quilos de maconha
WEIMAR
Mineiro perde veículo ao estacionar no centro de Dourados