Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
SAÚDE

Brasil não servirá de teste para vacinação contra dengue, diz Chioro

02 junho 2015 - 12h15

Agência Brasil

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse hoje (2) que o Brasil não será usado para o lançamento de vacinas contra a dengue que não sejam seguras, nem eficazes. Acrescentou que a disponibilização da vacina é “o sonho” de todos os médicos, mas ainda não há um patamar de segurança para isso.

"O Brasil não vai virar plataforma mundial de lançamento de produtos que tenham eficácia e segurança não comprovadas. Agora, ninguém mais do que o ministro da Saúde deseja contar com uma vacina segura e eficaz para disponibilizar", disse o ministro.

Chioro destacou que "o clamor popular" não vai intervir na decisão de disponibilizar vacinas. "Não é porque existe o clamor da população que qualquer dirigente do Ministério da Saúde vai fazer uma avaliação apressada e uma incorporação tecnológica, sem nenhuma crítica, de uma vacina que não dê segurança à população".

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Moto é furtada 30 minutos após homem estaciona-la em conveniência
OPINIÃO
O meio ambiente e as mazelas da sociedade contemporânea, por Douglas Martins
SAÚDE
Cabelos brancos demandam cuidados específicos?
OPORTUNIDADE
Fundação do Trabalho tem aumento de 51% no número de pessoas encaminhadas para o mercado
MINAS GERAIS
Histíoria e religião: conheça um pouco da cidade de Ouro Preto
CRIME AMBIENTAL
Três são multados por desmatamento e maus-tratos na criação de animais
TRÊS LAGOAS
Sem CNH e bêbado, homem não consegue fazer teste do bafômetro
MODA
Esporte nas ruas: saiba como introduzir as roupas fitness no seu dia a dia
SHOWBIZZ
Saiba detalhes da separação envolvendo José Loreto e Débora Nascimento
COMER BEM
Bolinho de pamonha: receita prática de petisco

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura