Menu
Busca domingo, 23 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Brasil das Águas: Gérard Moss chega hoje a Dourados

15 dezembro 2003 - 16h02

Com seu novo hidroavião e apoio terrestre de um Land Rover, a inédita expedição ecológica que está mapeando a qualidade das águas brasileiras chega a Dourados hoje, às 16 horas, pousando no aeroporto municipal Francisco de Matos Pereira. O que para muitos parecia difícil, até mesmo impossível, aconteceu: menos de um mês após o incidente na Chapada dos Guimarães, quando o aviador Gérard Moss e sua mulher, Margi, escaparam ilesos após um pouso forçado, o projeto Brasil das Águas está novamente sobrevoando o País e cumprindo a preciosa tarefa ambiental de colher e analisar amostras de água doce. Após o episódio em Mato Grosso, onde o hidroavião Talha-Mar sofreu avarias que o tiraram de operação por alguns meses, o produto nacional entrou em cena para protagonizar as operações: a nova aeronave, menor e mais leve, é um Max Anfíbio fabricado no Brasil, adaptado com os  computadores e equipamentos de coleta. O projeto agora conta também com o apoio terrestre de um Land Rover Defender, e a terceira campanha começa em Mato Grosso do Sul. O casal Gérard e Margi Moss estará disponível para fotos e entrevistas, tão logo o avião pousar do aeroiporto municipal de Dourasos.O Brasil das Águas conta com o patrocínio master da Petrobras (fornecedora exclusiva do combustível), o co-patrocínio da Embratel e tem parcerias com a Agência Nacional de Águas (ANA), a Cia. Vale do Rio Doce e a Chubb Seguros.O projeto Brasil das Águas se destaca pela tecnologia envolvida no processo de coleta, análise e transmissão de dados. Através de um avançado Sistema de Informações Geográficas (SIG), combinação de software, hardware, imagens de satélite e bancos de dados, integrados ao site www.brasildasaguas.com.br, é permitido a cientistas, estudantes e demais interessados na pesquisa não apenas visualizar as peculiaridades dos locais analisados, mas acessar gratuitamente dados detalhados sobre a expedição. Através do SIG é possível navegar por imagens de satélite sobre o Brasil, visualizando dados geo-políticos, textos, gráficos, tabelas e fotografias, assim como os resultados preliminares das análises da água. Cada ponto de coleta é registrado em fotos aéreas realizadas por micro-câmeras instaladas no avião, em imagens georreferenciadas por GPS.   

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO
Cientistas descartam que novo vírus tenha origem em mercado em Wuhan
PORTE ILEGAL
Motociclistas são presos com espingardas na zona rural de Dourados
FUTEBOL
Comercial vence clássico sul-mato-grossense por 2 a 0
BRASIL
Coronavírus: brasileiros deixam quarentena na Base Aérea de Anápolis
STJ
Para Quarta Turma, livro didático que reproduziu poema de Cecília Meireles não violou direitos autorais
PIRACEMA
Sem flagrantes de pescadores, PMA retira petrechos durante operação
BRASIL
Serviço militar aberto às mulheres está em discussão no Senado
DOURADOS
Semana terá três dias de ponto facultativo na prefeitura
STJ
Ratinho terá de pagar R$ 150 mil a família exposta de forma vexatória na TV
ALERTA
Surto de dengue pode afetar 11 estados brasileiros em 2020

Mais Lidas

WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
JARDIM GUAICURUS
Jovem resgatada foge da UPA e tenta subir em torre mais uma vez
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação