Menu
Busca sábado, 22 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Black Friday: 1,33% dos produtos tiveram grandes descontos no Brasil

13 dezembro 2012 - 18h00

Grandes descontos, maiores a 40% e similares aos que ocorrem durante o Black Friday (tradicional dia de descontos após o feriado de Ação de Graças nos EUA) americano só impactaram 1,33% dos produtos vendidos no Brasil, de acordo com pesquisa de acordo com pesquisa feita pelo Programa de Administração de Varejo (Provar). Segundo o levantamento, que analisou os preços de 1728 produtos, descontos associados a uma grande promoção só ocorreram em 23 itens. Menos de 3% dos itens acompanhados tiveram comportamento típico de promoção pontual, com descontos de cerca de 6%.

Conforme o levantamento, quase metade dos itens pesquisados (47,5%) não sofreu qualquer alteração nem antes nem depois da data enquanto para cerca de 600 itens o preço subiu antes do evento. O Black Friday ocorreu em 23 de novembro deste ano. A pesquisa verificou também que em 37 itens os preços foram aumentados mesmo durante o dia da promoção.

A Provar afirmou que, com base no comportamento monitorado, não houve de fato uma promoção nos moldes do Black Friday americano e que esse tipo de comportamento das empresas fragiliza a confiança dos consumidores em relação ao varejo.

Dentre os produtos analisados destacam-se adegas, ar condicionado, bicicleta ergométrica, aparelho de blu-ray, lavadoras, câmeras digitais, cd players, climatizadors, coifas, fogões, cooktops, dvd players, refrigeradores, filmadoras, forno de micro-ondas, frigobar, freezer, geladeiras, home theaters,lavadoras e secadoras, mini systems, impressoras, notebooks, radio am/fm, smart tv, e TVs.

As lojas pesquisadas foram Americanas, Casas Bahia, Colombo, É Fácil, Extra, Fast Shop, Magazine Luiza, Ponto Frio, Ricardo Eletro, Shoptime, Submarino e Wal-Mart, que vendem produtos de 72 marcas diferentes, conforme o Provar.

Procurada, a B2W, proprietária das marcas Americanas, Shoptime e Submarino ainda não se manifestou sobre a pesquisa. O Grupo Pão de Açúcar, proprietário das marcas (Extra, Casas Bahia e Ponto Frio), o grupo Ricardo Eletro, a Fast Shop, a É Fácil, as Lojas Colombo, o Magazine Luiza e o Wal-Mart também ainda não se pronunciaram sobre o levantamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018
Campanha de Delcídio divulga Nota sobre impugnação de candidatura
CAMPO GRANDE
Mulher é presa com carregador e 20 chips nas partes intimas em presídio
TEMPO
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
MEIO AMBIENTE
Mineradora é autuada e fechada por extração ilegal de areia
ELEIÇÕES 2018
A partir de hoje, candidatos só podem ser presos em flagrante
DOURADOS
Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
CORUMBÁ
Cavalos em rodovia causam acidente e deixam duas pessoa mortas
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano
EMPREGO
20 empresa estão com inscrições abertas para trainee; veja lista
ESPORTE
Sediado em Dourados, festival paralímpico fortalece inclusão e superação de limites

Mais Lidas

DIOCLÉCIO ARTUZI
Polícia divulga imagens de criança de 1 ano desaparecida em Dourados
DOURADOS
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa no Dioclécio Artuzi
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação conjunta prende cinco Policiais Rodoviários Federais em MS
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação cumpre mandados de prisão contra suspeitos de contrabando