Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Base tenta deixar MPs sob controle do Executivo

01 junho 2011 - 18h00

A base aliada do governo no Senado trabalha para evitar que o Palácio do Planalto perca poderes na edição de medidas provisórias.

Walter Pinheiro (PT-BA) apresentou emenda para tirar da proposta que muda o trâmite de MPs a criação de comissão de parlamentares que pode decidir sobre a validade de cada medida.

Pelo texto original, a comissão de 24 congressistas poderia rejeitar MPs que não seguissem os critérios de "urgência e relevância" definidos na Constituição.

Com isso, a MP viraria projeto de lei, sem vigorar de imediato. A análise teria de ocorrer em dez dias.

A presidente Dilma Rousseff ficou irritada com o teor da proposta, de autoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG). Para o Planalto, a comissão pode dificultar a tramitação das MPs.

Para Aécio, "não se pode mais ficar nesse impasse patético tendo de discutir MP de olho no relógio".

Pinheiro disse que apresentou a emenda para evitar o "engessamento". "Não concordo que um plenário de 24 parlamentares seja mais importante que os plenários das duas Casas."

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA
Governador destaca pluralidade e continuidade na abertura do Festival América do Sul
BRASIL
Morales diz que não se sente responsável pela atual crise na Bolívia
LEGISLATIVO
Assembleia aprova projeto de lei que institui renda mínima ao Registrador Civil
FERIADÃO
PMRE inicia operação nas rodovias estaduais de MS
IMUNIZAÇÃO
2ª etapa da campanha nacional de vacinação contra o sarampo começa na segunda
MARACAJU
Caminhonete com maconha avaliada em mais de R$ 1 milhão é apreendida
CAMPO GRANDE
Mulheres fecham terminal e Guarda Municipal usa spray de pimenta para conter protesto
PERÍCIA
Em MS, material genético coletado de presos vai abastecer banco nacional e contribuir em investigações
FERIADO
Proclamação da República completa 130 anos
FLAGRANTE
Funileiro é preso e multado por pescar na Piracema

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista cai em golpe, tenta fugir e é amarrado por criminosos às margens de rodovia
REPRODUÇÃO SIMULADA
Às vésperas de júri popular, assassinato terá reconstituição em Dourados
CAMPO GRANDE
Socorro tenta reanimação por mais de 1h, mas homem morre vítima de descarga elétrica
Proclamação da República
Confira o que abre e fecha em Dourados no feriado