Menu
Busca terça, 19 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Banco Central muda regras do cartão de crédito

25 maio 2011 - 15h29

O uso do cartão de crédito terá novas regras com objetivo de ajudar os cidadãos a usarem o instrumento com mais parcimônia e evitar o superendividamento. A notícia foi dada por Alexandre Tombini, presidente do Banco Central. Segundo ele, eram crescentes as reclamações de usuários contra as empresas de cartões de crédito. Por isso, foi necessário "aperfeiçoar" o relacionamento. "Esse ambiente representava potencial risco operacional e reputacional", disse.

A partir do dia 1º de junho, o valor mínimo a ser pago todos os meses não poderá ser inferior a 15% do total da fatura do cartão de crédito. Esse percentual sobe para 20% a partir de dezembro de 2011. O Banco Central deve continuar acompanhando o desenvolvimento do mercado de cartão de crédito e débito e poderá, sempre que necessário, adotar novas medidas se necessário, como informa a Agência Brasil.

Atualmente o banco cobra por 80 tarifas diferentes. O CMN pretende mudar esse quadro, limitando para cinco o número de tarifas que podem ser cobradas dos clientes de cartões de crédito: anuidade; emissão de 2ª via do cartão; retirada em espécie na função saque; no uso do cartão para pagamento de contas; e no caso de pedido de avaliação emergencial do limite de crédito.

Essa limitação no número de tarifas passa a valer para os cartões emitidos a partir de 1º de junho de 2011. Para quem já tem cartão de crédito ou adquirir um até 31 de maio deste ano, as cinco tarifas valem a partir de 1º de junho de 2012.

A mudança, que é resultado de uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN), definida em novembro do ano passado, partiu da conclusão de que definir um percentual mínimo evita o risco de superendividamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Rodrigo Maia anuncia pacote de medidas para combater a desigualdade
DOURADOS
UEMS oferece aulas gratuitas de Capoeira e Danças Populares
NAVIRAÍ
Motociclista de 26 anos morre após colisão com caminhão
ARTIGO
MP 905: Os ovos quebrados da política econômica
CAPITAL
‘Se eu não mostrar, vou morrer na mão dele’, diz mãe ameaçada pelo filho
BONITO
Emissão de RG, CNH, passaporte e titulo será debatida durante Congresso
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após se aproximar de R$ 4,22
POLÍTICA
Jair Bolsonaro assina carta de desfiliação do PSL, diz advogado
JUSTIÇA
Mantida condenação de empresa aérea que extraviou mala de casal
ESPORTE
Estaduais de Voleibol chegam ao fim em Bonito

Mais Lidas

TRÂNSITO
Aos 84 anos, mulher sai de bailão bêbada e acaba presa após acidente em Dourados
FRONTEIRA
Alvo de pistoleiros, jovem fica ferido após ser atingido por disparos em frutaria
FRONTEIRA
Homem é executado com mais de 20 tiros e gestante baleada
ROCHEDO
"Velho do PCC" morre em confronto com o Choque