Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Bagunceiros: santistas continuam presos no Paraguai

06 junho 2011 - 14h56

Os 59 torcedores do Santos que estão presos no Paraguai ganharam a ajuda da diretoria santista para voltar ao Brasil. O presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro confirmou ao iG que o clube enviou um advogado a Assunção para trabalhar em prol da torcida, acusada de agressão e assalto na madrugada da última quinta-feira nas cidades de Assunção e São Lourenço.

“Já estamos ajudando os torcedores. Colocamos um advogado nosso a disposição e estamos negociando com as autoridades paraguaias. Esperamos que eles sejam soltos ainda nesta segunda-feira”, afirmou o presidente santista.

Além do advogado, o Santos também já se propôs a pagar o prejuízo financeiro causado pela torcida no Paraguai. “Temos que indenizar os prejuízos causados nos comércios, também teve um paraguaio agredido, que a família está pedindo indenização. Estamos resolvendo tudo isso”, disse Luís Álvaro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AQUIDAUANA
Caçador é preso com cateto abatido e pescado fora da medida
FLAGRANTE
Dupla é presa com espingardas e munições dentro de veículo
ARTIGO
Doar órgãos é doar vida, expressão maior do amor
DOURADOS
Vacinação antirrábica tem dois pontos fixos em Dourados hoje
DOURADOS
Em meio a crise do transporte escolar, responsável pela frota é exonerado
FUTEBOL
Líder em campo, Corinthians e SP pressionados; 2º turno do Brasileirão começa hoje com 4 jogos
SETEMBRO AMARELO
Orações para Bobby será exibido e debatido hoje no Cineclube
CAMPO GRANDE
Mulher enciumada ataca atual namorada do ex a pedradas
BRASIL
PF indicia 13 pessoas por usar relatório fraudulento em Brumadinho
SAÚDE
Programa de prevenção ‘Odontologia para Bebês’ atende hoje em Naviraí

Mais Lidas

SETEMBRO AMARELO
Sem perceber sinais, Silvânia perdeu a filha e hoje reconhece a necessidade da escuta
BARBÁRIE
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
DOURADOS
Bêbado é preso após bater carro e derrubar muro
POLÍCIA
Jovem é executado por pistoleiros em Ponta Porã