Menu
Busca domingo, 20 de maio de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CORPAL TOPO SITE

Bagunceiros: santistas continuam presos no Paraguai

06 junho 2011 - 14h56

Os 59 torcedores do Santos que estão presos no Paraguai ganharam a ajuda da diretoria santista para voltar ao Brasil. O presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro confirmou ao iG que o clube enviou um advogado a Assunção para trabalhar em prol da torcida, acusada de agressão e assalto na madrugada da última quinta-feira nas cidades de Assunção e São Lourenço.

“Já estamos ajudando os torcedores. Colocamos um advogado nosso a disposição e estamos negociando com as autoridades paraguaias. Esperamos que eles sejam soltos ainda nesta segunda-feira”, afirmou o presidente santista.

Além do advogado, o Santos também já se propôs a pagar o prejuízo financeiro causado pela torcida no Paraguai. “Temos que indenizar os prejuízos causados nos comércios, também teve um paraguaio agredido, que a família está pedindo indenização. Estamos resolvendo tudo isso”, disse Luís Álvaro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Mayra Cardi exibe barriguinha de grávida em pose de biquíni
BALANÇO
Em Dourados, conselheiros do Sebrae destacam ações da instituição
CAMPO GRANDE
DOF prende mais de 500 quilos de maconha que iria para São Paulo
SERTANEJO
Mesmo com chuva, dupla Jorge e Mateus empolga na Expoagro
CONCURSO
Provas do processo seletivo de estágio do TJ-MS serão amanhã
BATAGUASSU
Homem é preso com mandado em aberto e documento falso
EDUCAÇÃO
UEMS e UFGD realizam o III Seminário de Formação Docente
TRÁFICO
Polícia apreende meia tonelada de maconha e LSD na BR-158
INSCRIÇÃO
Estudantes têm até quarta-feira para pagar taxa do Enem
BATAYPORÃ
Caixa realiza neste sábado o primeiro sorteio de nova loteria

Mais Lidas

FRONTEIRA
Homem é executado por pistoleiros em "Favelinha" de Ponta Porã
AMAMBAI
Polícia apreende mais de três toneladas e maconha na fronteira
DOURADOS
Polícia civil de Dourados registra quatro assaltos em 24 horas
PARAGUAI
Homem é enforcado e tem corpo abandonado em estrada vicinal