Menu
Busca sábado, 24 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
JEQUIÉ

Avião com Amado Batista pousa em aeroporto apagado na Bahia

13 maio 2019 - 21h20Por G1

Um avião que transportava o cantor Amado Batista e a equipe do artista fez um pouso no município de Jequié, no sudoeste da Bahia, em um aeroporto que estava fechado e com as luzes da pista apagadas.

O caso ocorreu na noite deste domingo, dia 12 de maio. A cidade fica a cerca de 368 km de Salvador. Ninguém ficou ferido e o cantor se apresentou normalmente no show que estava previso para ocorrer em um clube da cidade.

A aeronave conseguiu pousar após carros serem levados para o aeroporto e acionarem os faróis para iluminar a pista e auxiliar no pouso.

A prefeitura de Jequié, que administra o Aeroporto Vicente Grillo, informou que duas aeronaves de equipes do artista estavam programadas para pousar no terminal, no domingo. Uma delas chegou ao local no horário programado, às 15 horas.

A outra estava prevista para chegar às 17 horas, mas só pousou às 17h50, após o pôr do sol. Em nota, a gestão municipal informou que o aeroporto não funciona no turno da noite e a pista fica apagada, sem condições de pouso. [Confira a nota da íntegra ao final da matéria]

Segundo a assessoria da prefeitura de Jequié, os pousos podem ser feitos no local até o pôr do sol. No domingo, a previsão era que a última aeronave chegasse ao terminal até por volta das 17h40. O funcionário da prefeitura que aguardava a chegada do avião percebeu, neste horário, a movimentação da aeronave e providenciou carros para iluminar a pista com os faróis.

Ainda conforme a assessoria da prefeitura, o piloto ficou dando voltas no ar até considerar que havia condições de pouso. O piloto, segundo a administração de Jequié, relatou que saiu atrasado de Sergipe e, por isso, chegou na cidade após o horário previsto.

A assessoria da prefeitura ainda afirmou que o condutor da aeronave disse que não houve nenhum problema técnico e que, caso não conseguisse pousar em Jequié, tinha gasolina suficiente para seguir até o Aeroporto de Vitória da Conquista, cidade distante cerca de 175 km.

Ainda segundo a prefeitura de Jequié, os comandantes de aeronaves sabem quais os aeroportos no Brasil possuem balizamento para operação noturna.

"Diante desse aspecto técnico, considerado básico para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), qualquer piloto que tente o pouso noturno em aeroporto sem esses equipamentos, como é o caso de Jequié, assume toda e total responsabilidade pela operação, salvo em caso de emergência, que deve ser esclarecido e comprovado às autoridades militares logo após o pouso forçado", diz a nota da administração municipal.

Com a situação, a prefeitura de Jequié informou que o pouso no Aeroporto Vicente Grillo, nas condições apresentadas, é de inteira responsabilidade do comandante da aeronave e que o procedimento será comunicado à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Em nota, a Anac informou que o aeródromo de Jequié é homologado pela agência e está aberto ao tráfego. No comunicado, a Anac afirma que, de acordo com o registro, o terminal está apto a operar durante o dia, mas que, em caso de pouso de emergência, pode ser utilizado quando necessário.

A Agência Nacional de Aviação Civil ainda informou que as melhorias no aeródromo devem ser feitas pelo operador aeroportuário

Veja a íntegra da nota

A Prefeitura de Jequié tomou conhecimento a respeito de um pouso realizado no Aeroporto Vicente Grillo, neste domingo, 12, pela aeronave de prefixo PT-WSJ.

Inicialmente, é necessário informar que o Aeroporto de Jequié é de domínio e responsabilidade do Governo do Estado da Bahia, cabendo a Prefeitura de Jequié, em forma de cooperação técnica, a sua manutenção básica e a segurança do espaço interno e no seu entorno, durante seu uso esporádico.

A aeronave modelo B300, Classe Pouso Convencional 2 motores turbohelice, com ano de fabricação 1996, da Fabricante Raytheon Aircraft, com capacidade para 9 pessoas, de propriedade da AB Promoções e Produções Artísticas e Gravadora Ltda EPP, CNPJ 47.509.120/0001-82, do cantor Amado Batista, ao tentar pousar no Aeroporto Vicente Grilo, após a hora do pôr do sol, deixou a população e as autoridades do município em completo estado de alerta, em decorrência da possibilidade de um possível desastre aéreo.

Todos os comandantes de aeronaves conhecem bem, através do Sistema ROTEAR, quais os aeroportos no Brasil que possuem balizamento para operação noturna. Diante desse aspecto técnico, considerado básico para a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), qualquer piloto que tente o pouso noturno em aeroporto sem esses equipamentos, como é o caso de Jequié, assume toda e total responsabilidade pela operação, salvo em caso de emergência, que deve ser esclarecido e comprovado às autoridades militares logo após o pouso forçado.

Diante do exposto, a Prefeitura de Jequié, finaliza, informando que o pouso dessa aeronave no Aeroporto Vicente Grillo, nas condições acima apresentadas, é de inteira responsabilidade do comandante da aeronave e que tal procedimento será comunicado a ANAC, com o objetivo de evitar procedimentos aéreos considerados de risco para a população e também o espaço aéreo da cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Encceja: candidatos com dificuldade de acesso podem ligar para 0800
BRASILEIRÃO
Bahia bate Galo em Minas na abertura da 16ª rodada
MOVIMENTO
Manifestantes vão à Praça Antônio João em ato contra queimadas
DOURADOS
Arraiá da Uems segue hoje na Praça Antônio João
PARQUE DOS JEQUITIBÁS
Homem é flagrado pela Guarda com cachimbo, crack e cocaína
JARDIM CARIOCA
Polícia identifica e prende acusado de atacar mulheres em bairro da Capital
LOTERIA
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 35 milhões neste sábado
CAMPO GRANDE
Adolescente é apreendido após matar idoso a facadas
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados
FUTEBOL
Dois jogos abrem hoje a 16ª rodada do Brasileirão

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
VÍDEO: Guarda agride rapaz em abordagem na UPA e corregedoria abre inquérito para apuração
VALE QUANTO?
Peritos imobiliários avaliam Douradão para venda ou aluguel a pedido da prefeitura
VIOLÊNCIA
Bandidos encapuzados invadem casa no Santo André e agridem idoso a coronhadas