Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2019
(67) 9860-3221
SERÁ?

Após depoimento de Funaro, Dilma tenta anular impeachment no STF

18 outubro 2017 - 18h05Por Agência Brasil

Um ano após ser cassada, a ex-presidente Dilma Rousseff voltou a pedir ontem (17) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que lhe restitua com urgência o cargo. O pedido foi feito em um mandado de segurança aberto em 30 de setembro de 2016, pouco após o impeachment.

Ela reforçou a nova solicitação após os depoimentos de Lúcio Bolonha Funaro, operador financeiro que acusou o ex-presidente da Câmara, o deputado federal cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de comprar votos a favor do impeachment.

Apesar de serem sigilosos, os vídeos com os depoimentos da delação premiada de Funaro foram disponibilizados neste mês no site da Câmara, em meio aos documentos que fundamentam a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer, também delatado pelo operador financeiro.    

Nos depoimentos, Funaro afirma ter repassado R$ 1 milhão a Cunha, então presidente da Câmara, para ele "comprar” votos favoráveis ao impeachment, de modo a afastar “de qualquer jeito” Dilma Rousseff da Presidência da República.

“Resta, assim, explicado agora, como o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha conseguiu ‘convencer’ parlamentares a votar pela cassação do mandato presidencial de Dilma Rousseff”, escreveram os advogados da ex-presidente, José Eduardo Cardozo e Renato Ferreira Franco, na nova petição, protocolada na noite de ontem. Na peça, afirmam ter ficado “evidente”, a partir da fala de Funaro, a compra de votos contra Dilma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Giulia Costa mostra corpão em pose de biquíni em dia de piscina e praia
MINISTÉRIO PÚBLICO
Conselho abre processo disciplinar contra procurador Deltan Dallagnol
TRÁFICO
Foragido da justiça é preso na MS-487 com maconha que levaria para SP
IMPOSTÔMETRO
Brasileiros já pagaram mais de R$ 800 bilhões de tributos em 2019
JARDIM
Adolescentes são apreendidos com uma tonelada de maconha em veículo
UNIGRAN
Calouros de Fisioterapia participam de aulas com metodologias ativas
OPERAÇÃO APLIQUE
Quadrilha que agia em MS enviava “mulas” com até 40 kg de coca para Europa
JUSTIÇA
Empresa deve indenizar por danos morais e substituir celular com defeito
CAARAPÓ
Bombeiros fazem buscas por criança de 11 anos que se afogou em rio
TRÊS LAGOAS
Confirmado segundo caso de gripe H1N1 em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

DOURADOS
Preso é baleado ao estourar cadeado de cela para buscar ‘encomenda’ no pátio da PED
DOURADOS
Preso baleado na perna tentava pegar malote com 13 celulares
IMPASSES
UFGD "desafia" MEC e Ministério pede realização de nova eleição para Reitoria
DOURADOS
Homem morre no HV após ser espancado e polícia suspeita de latrocínio