Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Aplicativo permite dividir a Wi-Fi usando conta do Facebook

04 janeiro 2013 - 13h47

Compartilhar a Wi-Fi com um amigo parece algo banal, mas quando se lembra de que é preciso compartilhar a senha da rede também, aí talvez a situação fique um pouco embaraçosa. Mas para essas situações agora existe a possibilidade de usar a aplicativo Instabridge.

O app para Android usa a conta do Facebook para permitir que amigos específicos usem uma determinada internet sem fio. A partir do Facebook Connect, que permite o login em outros serviços com usuário e senha da rede social, o usuário loga e pode dizer quais amigos têm direito a acessar sua Wi-Fi.

Esses amigos também precisam baixar o app. Quando o Instabridge percebe que o usuário está ao alcance de uma conexão autorizada, ele envia a senha da Wi-Fi, criptografada, para o aparelho amigo, e abre a conexão. Quando o dispositivo sai do alcance da internet sem fio, a conexão é fechada e a senha é deletada do aparelho convidado.

O dono da Wi-Fi só precisa digitar a senha da rede uma vez, em sua conta, e o código é encriptado e armazenado pelo app. A qualquer momento, o dono da conexão pode bloquear outros usuários de se conectarem a sua rede, caso mude de ideia, por exemplo.

O Instabridge, aplicativo da empresa sueca de mesmo nome, pretende ganhar dinheiro ajudando as operadoras e "desafogar" duas conexões via ar, estimulando os donos de smartphones e tablets a se conectarem a linhas fixas quando possível. O CEO da companhia, Niklas Agevik - ex-engenheiro da Ericsson -, diz que também há possibilidade de trabalhar com fabricantes de aparelho.

A Samsung, por exemplo, contratou a start-up sueca para desenvolver uma versão do aplicativo que funcione com NFC - a conexão por proximidade de campo. Agevik destaca, ainda, que o usuário que tem um plano de dados limitado também se beneficia por poder deixar o 3G e se conectar à Wi-Fi, quando disponível.

O app, além de permitir a conexão, também dispõe de um mapa, em que é possível ver qual o Wi-Fi mais perto do aparelho, e uma próxima versão do aplicativo vai permitir adicionar amigos a partir dos contatos da agenda de telefone, além de outras redes sociais, como Twitter e LinkedIn. O serviço também pretende expandir para os Estados Unidos neste ano - hoje, cerca de 2 mil pessoas usam o aplicativo na Suécia, Dinamarca, Estônia, Noruega e Islândia.

E o consumo de bateria? A empresa desenvolvedora diz que quase não gasta, já que o Instabridge, embora rode o tempo todo ao fundo, só se ativa quando percebe que o scanner de redes sem fio identificou uma conexão da base de dados.



Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Flávia Monteiro se diverte em praia do Ceará: "minha alma é uma eterna criança"
NOVA ANDRADINA
Menor agride mãe, ateia fogo em móveis, se tranca em cômodo e é salvo pela PM
UEMS
Acadêmicos participam de amistoso de Futebol Suiço na Aldeia Jaguapiru
ITAQUIRAÍ
Casal é investigado por golpes contra idosos que somam mais de R$ 500 mil
NOVO DECRETO
Exército vai definir em 60 dias quais armas cidadãos vão poder comprar
ACIDENTE
Motorista pega no sono e bate caminhão na traseira de outro na BR-163
FUTEBOL
Fifa desiste de fazer Copa do Mundo do Catar com 48 seleções
CRIME AMBIENTAL
Ambiental fecha suinocultura instalada em área protegida de nascentes
JUSTIÇA
Banco é condenado a ressarcir cheque extraviado de R$ 29 mil
UEMS
Estão abertas as inscrições para a VI edição do Enepex

Mais Lidas

POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
PEDRO JUAN
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia
DOURADOS
Tropa de Choque chega à PED após suspeita de túnel e motim