Menu
Busca Sábado, 20 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Bigolin

Apenas 0,65% das crianças e adolescentes vítimas de pornografia na internet são identificados

30 Novembro 2012 - 18h45

De todo o material contendo pornografia infantojuvenil apreendido pelas autoridades na internet, apenas 0,65% das crianças vítimas desse tipo de crime é identificado. Os dados foram apresentados na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, na quarta-feira (28), pelo presidente da SaferNet Brasil, instituição voltada para o monitoramento e combate à pornografia infantil na rede mundial de computadores, Thiago Tavares Nunes de Oliveira.

Para a presidenta da CPI, deputada Érika Kokay (PT-DF), “o dado preocupa, pois isto significa que mais de 99% das crianças e adolescentes acabam ficando fora dos serviços de atendimento para esse tipo de violência, e muitas delas continuam sendo vítimas da exploração”.

Oliveira também apresentou dados relativos ao acompanhamento de denúncias de sites com material pornográfico infantil e de redes voltadas para o aliciamento de meninos e meninas pela internet.

Os números mostram que, entre 2005 e 2012, a SaferNet recebeu mais de 3 milhões de denúncias anônimas sobre a divulgação e o comércio de material pornográfico com crianças e adolescentes. São mais de 450 mil páginas, hospedadas em 88 países. As denúncias foram registradas nos sites brasileiros que integram a Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos.

Com a criação da Lei 1.829, em 2008, o país tornou mais rigorosa a punição para quem comete esse tipo de crime. A pena é de três a seis anos de prisão, além de multa. Se for comprovado que a criança exposta nas imagens tenha sido abusada sexualmente, o autor responde pelo crime de estupro de vulnerável.

Em função da intensificação das investigações contra a exploração sexual de crianças e adolescentes na internet, segundo Oliveira, os grupos criminosos têm inventado outras formas de compartilhar e vender esse tipo de conteúdo. Ele ressaltou, ainda, a dificuldade das autoridades em lidar com a situação. “Não só pela questão técnica, mas também porque a maioria destas páginas se encontra hospedada em sites no exterior, onde nossa legislação não vale”. Como exemplo, citou países como a Rússia, o Camboja, Vietnã e a Bulgária, onde estão hospedadas mais de 450 páginas em português que comercializam ponografia infantil.

Nesses casos, é preciso um acordo de cooperação entre o Brasil e o país onde o site está hospedado para que a página seja retirada do ar e os responsáveis sejam identificados.

Para a deputada Erika Kokay, existe uma mudança no modo como as redes funcionam. “Agora as crianças e adolescentes não ficam mais tão expostas nas ruas. Elas são disponibilizadas virtualmente. É preciso que as autoridades atentem para a questão”, alertou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
SP tem 3 mortes por reação à vacina da febre amarela; casos da doença somam 81
SP tem 3 mortes por reação à vacina da febre amarela; casos da doença somam 81
MAIS UM CASO
Drone é abatido na Penitenciária Estadual de Dourados
Drone é abatido na Penitenciária Estadual de Dourados
MS
Governo assina acordo que prevê estágio aos alunos de Medicina da UFMS de Três Lagoas
Governo assina acordo que prevê estágio aos alunos de Medicina da UFMS de Três Lagoas
DECISÃO
STJ libera posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho
AÇÃO
Turismo de Mato Grosso do Sul apresenta na Espanha mais uma etapa da campanha Visit MS
INTERNACIONAL
China afirma que navio de guerra dos EUA 'violou' sua soberania
China afirma que navio de guerra dos EUA 'violou' sua soberania
INTERNACIONAL
Morre o chef Paul Bocuse, considerado 'papa' da gastronomia francesa
Morre o chef Paul Bocuse, considerado 'papa' da gastronomia francesa
MS
Bombeiros de Corumbá viajam 3 horas de barco para socorrer jovem no Pantanal
Bombeiros de Corumbá viajam 3 horas de barco para socorrer jovem no Pantanal
CAPITAL
Homem é preso por estuprar enteada de 7 anos
Homem é preso por estuprar enteada de 7 anos
POLÍTICA
Regras mais transparentes para partidos serão analisadas pela CCJ
Regras mais transparentes para partidos serão analisadas pela CCJ

Mais Lidas

Homem é executado com 12 tiros de pistola 9 milímetros
DOURADOS
Homem é rendido por bandidos, levado para mata e tem Amarok roubada
Homem é rendido por bandidos, levado para mata e tem Amarok roubada
DROGAS
Douradense é preso durante “Operação Tagi” desenvolvida pelo GAECO
GUERRA DE FACÇÕES
Justiça determina prisão de 11 envolvidos em morte brutal e liga crime ao PCC
Justiça determina prisão de 11 envolvidos em morte brutal e liga crime ao PCC