Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221

Aos 10 anos, indiano é o mais jovem a fazer cirurgia para reduzir estômago

31 maio 2011 - 12h17

Um garoto indiano de 10 anos pode ser o mais jovem a ter passado por uma cirurgia para reduzir o estômago. Ksithijj Jindger chegou a pesar 127 quilos até 2009, quando passou por uma operação que limitou a entrada de alimentos no órgão com uma banda gástrica.

Jindger já pesava 50 quilos ao completar 3 anos de idade. Desde o início de sua vida, o garoto de Chennai recebeu uma alimentação rica em gorduras. Os pais do indiano afirmam ter "mimado" o filho e não se davam conta de como a dieta fazia mal ao menino.

Agora Jingder vive com um estômago menor e, aos 11 anos, já está com 69 quilos. Os médicos afirmam que Jingder é a pessoa mais jovem no mundo a passar por essa cirurgia, que é recomendada somente a partir do final da adolescência para pessoas com índice de massa corporal acima de 40 (obesidade grave).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASÍLIA
Bancada de MS no Congresso elege Nelsinho Trad como o coordenador do grupo
BRASIL
Marco Aurélio nega recurso e Bolsonaro terá de pagar indenização
RURAL
Em MS, Iagro e SES enfrentam venda e uso irregular de agrotóxicos na agricultura
DOURADOS
Processo contra frigorífico resulta em equipamentos a unidades hospitalares
TV
Marina Ruy Barbosa nega festinha íntima com colegas de novela
DOURADOS
Câmara revoga financiamento de R$ 5 milhões autorizado à prefeitura
BRASIL
Maior superlua do ano ocorre nesta terça-feira
BR-463
Carro de luxo roubado em SP é recuperado no mesmo dia em MS
REUNIÃO EM BRASÍLIA
Reinaldo Azambuja discute Lei Kandir e concessão da BR-163 com bancada federal
BRASIL
Morre no Rio ex-ministro João Paulo dos Reis Velloso

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura