Menu
Busca sexta, 21 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
BRASIL

Animados com fala de Dilma, produtores de mandioca aguardam apoio do governo

26 junho 2015 - 17h15

Agência Brasil

Em meio “a maior crise do setor dos últimos 15 anos”, produtores de mandioca torcem para que o elogio que a presidenta Dilma Rousseff fez à raiz, classificando-a como “uma das maiores conquistas do Brasil”, indique que o governo pretende ajudá-los a superar as dificuldades.

“Os produtores ficaram sensibilizados [com a possibilidade] de a fala da presidenta motivar os ministérios da Agricultura e da Fazenda a liberarem recursos que nos ajudem a superar esta forte crise”, disse à Agência Brasil o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Amido de Mandioca, João Eduardo Pasquini. Ele fez referência à fala da presidenta no lançamento dos Primeiros Jogos Mundiais Indígenas, que ocorrerão em outubro, em Palmas, no Tocantins.

Segundo o boletim de análise econômica setorial divulgado mensalmente pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, o preço médio mensal pago ao produtor pela tonelada de mandioca caiu de R$ 562,96 em dezembro de 2013 para R$ 175,15 em abril deste ano. De acordo com Pasquini, o valor não parou de cair nos últimos dois meses e há produtores vendendo a tonelada do produto por R$ 140.

“Esses preços estão muito abaixo do custo de produção, que gira em torno de R$ 220 a tonelada. É um prejuízo enorme para os produtores”, acrescentou Pasquini, revelando que há alguns meses o setor vem pleiteando a ajuda do governo. A principal reivindicação é que o governo federal compre o produto industrializado, ou seja, a farinha de mandioca, por um valor mínimo, a fim de forçar a alta do preço.

“Não seriam necessários muitos recursos. Calculamos que entre R$ 80 milhões e R$ 100 milhões poderiam amenizar os problemas que o setor vem enfrentando”, disse Pasquini.

A associação de produtores estima que 1 milhão de pessoas trabalhem na cadeia produtiva da mandioca. Com 26 milhões de toneladas de raiz de mandioca produzidas anualmente, o Brasil é o maior produtor mundial. Os estados do Pará e do Paraná são os maiores produtores. De acordo com Pasquini, o plantio é importante fonte de renda de agricultores familiares e um recurso alimentar de grande valia em regiões carentes.

Procurado, o Ministério da Agricultura disse que o governo estuda a reivindicação dos produtores e que está prestes a publicar uma portaria estipulando preços mínimos para a raiz e seus subprodutos. Além disso, o Conselho Interministerial de Estoques de Alimentos deve anunciar em breve sua decisão quanto a possibilidade de o governo comprar mandioca diretamente dos produtores para formar estoques.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
No Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, blitz educativa é realizada no Centro
FUTEBOL
Goiás recebe a Ponte Preta em busca da liderança da Série B
OPORTUNIDADE
IFMS abre inscrições em concurso público para técnicos-administrativos
CULTURA
Confira a programação do FIT para este final de semana
CAARAPÓ
Presidente da Câmara assume o Executivo após cassação de prefeito
MAUS TRATOS
Fazendeiro é autuado em mais de R$ 300 mil por deixar gado com fome e sede
DOURADOS
MP investiga vazamento de esgoto que matou mais de 5 mil peixes em Dourados
ELEIÇÕES 2018
Defesa prevê que até 14 estados podem pedir apoio para as eleições
DOURADOS
Prefeitura inaugura sala para corretores de imóveis no CAM
DOURADÃO
Estádio passa por readequações para 2019

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia fecha entreposto de drogas e prende três no Jardim Colibri
DOURADOS
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa no Dioclécio Artuzi
DOURADOS
Esquema começou há 1 ano e maconha era armazenada em pneus
DOURADOS
PF apreende mais de 150 quilos de cocaína na Guaicurus