Menu
Busca sábado, 23 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Amigo de indiana morta após estupro relembra ataque pela 1ª vez

05 janeiro 2013 - 12h00



O amigo que acompanhava a estudante indiana morta após sofrer estupro coletivo em um ônibus em Nova Déli falou à imprensa pela primeira vez nesta sexta-feira e deu detalhes sobre o ataque, ocorrido em 16 de dezembro.

O rapaz de 28 anos, que ficou com uma perna quebrada e outros ferimentos no ataque, disse à rede indiana Zee News que ambos foram enganados para entrar no ônibus e inclusive pagaram a passagem. Segundo o rapaz, o veículo tinha janelas pintadas, e não era possível ver o interior. Ele acredita que os agressores fizeram uma armadilha para que vítimas subissem a bordo.

Após entrar no veículo, ele foi agredido pelos seis homens que estavam a bordo e ficou inconsciente. Os homens então, inclusive o motorista, estupraram a estudante e a agrediram com uma barra de ferro. "Nós tentamos resistir. Ela própria lutou contra eles, ela tentou me salvar", disse o rapaz, que não teve sua identidade revelada. "Ela tentou ligar para a polícia, mas eles pegaram seu telefone."

Socorro

Ele também confirmou relatos iniciais de que, após o ataque, os agressores os jogaram para fora do ônibus com o veículo em movimento e tentaram atropelá-los.

O rapaz criticou a demora da polícia após a agressão e disse que os policiais ficaram discutindo para onde levar a vítima, em vez de socorrê-la imediatamente. "Ela estava sangrando muito. Mas em vez de nos levar ao hospital mais próximo, eles (a polícia) nos levaram a um hospital longe dali."

A estudante, 23 anos, morreu no dia 29 de dezembro, em hospital em Cingapura, para onde havia sido transferida, devido à gravidade dos ferimentos. O episódio provocou uma onda de protestos em toda a Índia e em outros países.

Cinco homens foram indiciados e deverão responder a acusações de estupro e homicídio. Um sexto suspeito está sendo submetido a exames médicos que irão determinar se ele tem idade suficiente para ser julgado no mesmo tribunal. Caso sejam considerados culpados, eles poderão ser condenados à morte.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
México vence a Coreia do Sul e fica a um passo da classificação
EXÉRCITO BRASILEIRO
Jovens nascidos em 2000 devem fazer o alistamento militar
EDUCAÇÃO
IFMS divulga resultado da seleção de jovens para os cursos técnicos
FUTEBOL
Douglas Costa sofre lesão muscular na coxa e não enfrenta a Sérvia
FÓRMULA 1
Hamilton confirma melhor desempenho e crava pole no GP da França
MÚSICA
Vinnie Paul, baterista da banda Pantera, morre aos 54 anos
CORUMBÁ
Motociclista perde os dentes após colidir moto em carro estacionado
BALANÇO
PRF apreendeu 41 armas de fogo na última semana
HOJE
Quina de São João vai sortear R$ 130 milhões; prêmio não acumula
FUTEBOL
Bélgica atropela Tunísia no jogo com mais gols na Copa

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito nega envolvimento, mas é autuado por latrocínio
DOURADOS
Assassinato de andarilho pode ter ocorrido dentro de barraco
DOURADOS
Corpo encontrado carbonizado seria de andarilho
NESTA MADRUGADA
Corpo carbonizado é encontrado em Dourados