Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

AmBev pede que Pânico na TV tire tchecas do ar

18 maio 2011 - 19h36

A AmBev, fabricante da cerveja Skol, pediu à produção do “Pânico na TV”, programa humorístico veiculado pela Rede TV, que tire do ar imagens com as personagens tchecas Michaela e Dominika. O programa tem entre seus patrocinadores a marca de cerveja. A informação é de Lica Bueno, diretora
nacional de mídia da agência de publicidade FNazca, uma das responsáveis pela conta da Skol.

Procurada, a assessoria de imprensa da Ambev não retornou as ligações da reportagem do iG. “Nós falamos com os executivos da empresa e eles decidiram pedir para tirá-las do programa”, disse Lica, ressalvando que não fala em nome da cervejaria. "É praxe no mercado uma pessoa ligada a uma marca não aparecer em programas patrocinados pela concorrência".

A atitude da fabricante de bebidas foi uma reação à revelação pelo jornal Folha de S. Paulo que as duas moças não são turistas tchecas em visita ao Brasil como fizeram a produção do Pânico acreditar. Elas têm participado do programa há cerca de dez semanas.

Segundo a reportagem, as duas são garotas propaganda da Companhia Brasileira de Bebidas Premium (CBBP), que prepara o lançamento da cerveja Proibida para junho. A empresa tem fábricas em Pernambuco e no Ceará. Ninguém atendeu os telefones na CBBP.

“Foi uma surpresa”, disse Lica, contando que soube que as duas estavam ligadas a uma empresa concorrente da AmBev por meio do telefonema da reportagem da Folha de S. Paulo. A publicitária lembra que a reação entre os executivos da AmBev foi “mais fria”. “Eles estão acostumados com essas questões de concorrência”, justifica.

O contrato de patrocínio da AmBev com o Pânico na TV foi fechado no final de 2009 com validade de um ano. No final do ano passado, foi renovado por mais um ano. De acordo com a diretora da FNazca, a fabricante de bebidas não permite que o valor do contrato seja revelado.

Lica Bueno afirma que a produção do programa da Rede TV chegou a pensar em colocar Michaela e Dominika no ar e “detonar” com as duas. “Mas a decisão (de tirá-las do ar) foi estratégica.” Ainda segundo a diretora da FNazca, a AmBev não tomou qualquer decisão no sentido de suspender ocontrato com o programa.

Segundo a reportagem, Michaela é a personal trainer Michaela Matejkova e Dominika é Alicia Seffras. As duas foram selecionadas na Europa para participar da ação da CBBP. Foram localizadas pela produção do Pânico em redes sociais na internet. A humorista Sabrina Sato, do Pânico, chegou a criar o bordão "libera a tcheca" ao aparecer com as duas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Investigação sobre prática abusiva de postos na greve dos caminhoneiros é arquivada
CORONAVÍRUS
Em meio a pandemia, MS tem mais de 7 mil exames sem encerramento
SAÚDE PÚBLICA
PF cumpre 36 mandados de prisão em oito estados e no DF
CAMPO GRANDE
Homem é assassinado com tiro na cabeça próximo a unidade de saúde
ASSEMBLEIA
Três projetos e um veto estão pautados para votação nesta quinta-feira
PANDEMIA
Com 450 casos ativos de coronavírus, douradense ignora isolamento
OPERAÇÃO STRADA
Operação contra o tráfico prende cinco e sequestra R$ 1 milhão em bens de alvos
TRÁFICO DE DROGAS
Homem é flagrado transportando mais de 100 kg de maconha na MS-162
DOURADOS
Juiz nega pedido de suplente para assumir vaga de vereadora na Câmara
BR-163
Vendedor de botina é preso transportando mais de 200 kg de maconha em fundo falso de veículo

Mais Lidas

DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
CAMPO GRANDE
Homem fica preso às ferragens após colisão entre carro e caminhão