Menu
Busca quarta, 19 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

AmBev pede que Pânico na TV tire tchecas do ar

18 maio 2011 - 19h36

A AmBev, fabricante da cerveja Skol, pediu à produção do “Pânico na TV”, programa humorístico veiculado pela Rede TV, que tire do ar imagens com as personagens tchecas Michaela e Dominika. O programa tem entre seus patrocinadores a marca de cerveja. A informação é de Lica Bueno, diretora
nacional de mídia da agência de publicidade FNazca, uma das responsáveis pela conta da Skol.

Procurada, a assessoria de imprensa da Ambev não retornou as ligações da reportagem do iG. “Nós falamos com os executivos da empresa e eles decidiram pedir para tirá-las do programa”, disse Lica, ressalvando que não fala em nome da cervejaria. "É praxe no mercado uma pessoa ligada a uma marca não aparecer em programas patrocinados pela concorrência".

A atitude da fabricante de bebidas foi uma reação à revelação pelo jornal Folha de S. Paulo que as duas moças não são turistas tchecas em visita ao Brasil como fizeram a produção do Pânico acreditar. Elas têm participado do programa há cerca de dez semanas.

Segundo a reportagem, as duas são garotas propaganda da Companhia Brasileira de Bebidas Premium (CBBP), que prepara o lançamento da cerveja Proibida para junho. A empresa tem fábricas em Pernambuco e no Ceará. Ninguém atendeu os telefones na CBBP.

“Foi uma surpresa”, disse Lica, contando que soube que as duas estavam ligadas a uma empresa concorrente da AmBev por meio do telefonema da reportagem da Folha de S. Paulo. A publicitária lembra que a reação entre os executivos da AmBev foi “mais fria”. “Eles estão acostumados com essas questões de concorrência”, justifica.

O contrato de patrocínio da AmBev com o Pânico na TV foi fechado no final de 2009 com validade de um ano. No final do ano passado, foi renovado por mais um ano. De acordo com a diretora da FNazca, a fabricante de bebidas não permite que o valor do contrato seja revelado.

Lica Bueno afirma que a produção do programa da Rede TV chegou a pensar em colocar Michaela e Dominika no ar e “detonar” com as duas. “Mas a decisão (de tirá-las do ar) foi estratégica.” Ainda segundo a diretora da FNazca, a AmBev não tomou qualquer decisão no sentido de suspender ocontrato com o programa.

Segundo a reportagem, Michaela é a personal trainer Michaela Matejkova e Dominika é Alicia Seffras. As duas foram selecionadas na Europa para participar da ação da CBBP. Foram localizadas pela produção do Pânico em redes sociais na internet. A humorista Sabrina Sato, do Pânico, chegou a criar o bordão "libera a tcheca" ao aparecer com as duas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMPETIÇÃO
26 municípios do Estado participam dos Jogos da Melhor Idade em Jardim
DOURADOS
Colisão frontal mata passageiro de caminhonete e deixa três pessoas feridas
DOURADOS
Ladrão é amarrado por populares após tentar roubar bolsa de mulher
ORDEM DO DIA
Três projetos devem ser votados nesta quarta-feira na ALMS
ELEIÇÕES 2018
TSE nega resposta a Bolsonaro por vídeo usado em campanha de Alckmin
BR-163
Acidente envolvendo caminhão e caminhonete deixa dois em estado grave e um morto
ELEIÇÕES 2018
Justiça Eleitoral convoca representantes de partidos para reunião
POLÍTICA
Próximo presidente terá que fazer reforma da Previdência, diz Temer
PESQUISA
Governo Temer tem aprovação de 4% e reprovação de 78%, diz Ibope
DOURADOS
Homem esfaqueado pelo filho morre no Hospital da Vida

Mais Lidas

DOURADOS
Idoso encontrado morto na pedreira foi vítima de latrocínio
MS-164
Trio é flagrado com mais de 1t de maconha no Copo Sujo
NARCO 060
Gaeco deflagra operação contra o tráfico em MS e "mira" policiais
PONTA PORÃ
Homem é preso após matar rival e deixar corpo em rodovia