Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

AmBev pede que Pânico na TV tire tchecas do ar

18 maio 2011 - 19h36

A AmBev, fabricante da cerveja Skol, pediu à produção do “Pânico na TV”, programa humorístico veiculado pela Rede TV, que tire do ar imagens com as personagens tchecas Michaela e Dominika. O programa tem entre seus patrocinadores a marca de cerveja. A informação é de Lica Bueno, diretora
nacional de mídia da agência de publicidade FNazca, uma das responsáveis pela conta da Skol.

Procurada, a assessoria de imprensa da Ambev não retornou as ligações da reportagem do iG. “Nós falamos com os executivos da empresa e eles decidiram pedir para tirá-las do programa”, disse Lica, ressalvando que não fala em nome da cervejaria. "É praxe no mercado uma pessoa ligada a uma marca não aparecer em programas patrocinados pela concorrência".

A atitude da fabricante de bebidas foi uma reação à revelação pelo jornal Folha de S. Paulo que as duas moças não são turistas tchecas em visita ao Brasil como fizeram a produção do Pânico acreditar. Elas têm participado do programa há cerca de dez semanas.

Segundo a reportagem, as duas são garotas propaganda da Companhia Brasileira de Bebidas Premium (CBBP), que prepara o lançamento da cerveja Proibida para junho. A empresa tem fábricas em Pernambuco e no Ceará. Ninguém atendeu os telefones na CBBP.

“Foi uma surpresa”, disse Lica, contando que soube que as duas estavam ligadas a uma empresa concorrente da AmBev por meio do telefonema da reportagem da Folha de S. Paulo. A publicitária lembra que a reação entre os executivos da AmBev foi “mais fria”. “Eles estão acostumados com essas questões de concorrência”, justifica.

O contrato de patrocínio da AmBev com o Pânico na TV foi fechado no final de 2009 com validade de um ano. No final do ano passado, foi renovado por mais um ano. De acordo com a diretora da FNazca, a fabricante de bebidas não permite que o valor do contrato seja revelado.

Lica Bueno afirma que a produção do programa da Rede TV chegou a pensar em colocar Michaela e Dominika no ar e “detonar” com as duas. “Mas a decisão (de tirá-las do ar) foi estratégica.” Ainda segundo a diretora da FNazca, a AmBev não tomou qualquer decisão no sentido de suspender ocontrato com o programa.

Segundo a reportagem, Michaela é a personal trainer Michaela Matejkova e Dominika é Alicia Seffras. As duas foram selecionadas na Europa para participar da ação da CBBP. Foram localizadas pela produção do Pânico em redes sociais na internet. A humorista Sabrina Sato, do Pânico, chegou a criar o bordão "libera a tcheca" ao aparecer com as duas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
TJ mantém condenação por falsidade ideológica em certidão de óbito
FOGO
Número de queimadas aumenta quase 100% em Dourados em relação a 2018
ESTUDO
Pesquisas tratam de línguas indígenas e de recursos hídricos em Dourados
DOURADOS
Depoimento de socorrista aponta tragédia anunciada em plantão sem médico no HV
LOGÍSTICA
Corredor bioceânico deve se transformar em rota turística entre Brasil e Chile
BRASIL
Ibama vai contratar brigadas para prevenir e combater incêndios em MS e 17 Estados
VIOLÊNCIA
Bandidos encapuzados invadem casa no Santo André e agridem idoso a coronhadas
DOURADOS
MPE recomenda que prefeitura reabilite bairro feito sobre antigo lixão para uso residencial
TRÂNSITO
Motociclista morre no HV após queda em rodovia
RIO GRANDE DO SUL
Após sucesso em Bonito, Congresso Holístico Internacional terá nova edição em Gramado (RS)

Mais Lidas

TRÂNSITO
Empresa desliga mais de 30 lombadas eletrônicas em Dourados após rescisão contratual
DOURADOS
Veículo é consumido pelas chamas no Água Boa; veja vídeo
CRIME ORGANIZADO
Operação contra o PCC cumpre 30 mandados de prisão em cidades de MS
DOURADOS
Coordenador diz que Samu tentou reanimar acidentado por uma hora em HV sem médico