Menu
Busca sexta, 18 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

AmBev pede que Pânico na TV tire tchecas do ar

18 maio 2011 - 19h36

A AmBev, fabricante da cerveja Skol, pediu à produção do “Pânico na TV”, programa humorístico veiculado pela Rede TV, que tire do ar imagens com as personagens tchecas Michaela e Dominika. O programa tem entre seus patrocinadores a marca de cerveja. A informação é de Lica Bueno, diretora
nacional de mídia da agência de publicidade FNazca, uma das responsáveis pela conta da Skol.

Procurada, a assessoria de imprensa da Ambev não retornou as ligações da reportagem do iG. “Nós falamos com os executivos da empresa e eles decidiram pedir para tirá-las do programa”, disse Lica, ressalvando que não fala em nome da cervejaria. "É praxe no mercado uma pessoa ligada a uma marca não aparecer em programas patrocinados pela concorrência".

A atitude da fabricante de bebidas foi uma reação à revelação pelo jornal Folha de S. Paulo que as duas moças não são turistas tchecas em visita ao Brasil como fizeram a produção do Pânico acreditar. Elas têm participado do programa há cerca de dez semanas.

Segundo a reportagem, as duas são garotas propaganda da Companhia Brasileira de Bebidas Premium (CBBP), que prepara o lançamento da cerveja Proibida para junho. A empresa tem fábricas em Pernambuco e no Ceará. Ninguém atendeu os telefones na CBBP.

“Foi uma surpresa”, disse Lica, contando que soube que as duas estavam ligadas a uma empresa concorrente da AmBev por meio do telefonema da reportagem da Folha de S. Paulo. A publicitária lembra que a reação entre os executivos da AmBev foi “mais fria”. “Eles estão acostumados com essas questões de concorrência”, justifica.

O contrato de patrocínio da AmBev com o Pânico na TV foi fechado no final de 2009 com validade de um ano. No final do ano passado, foi renovado por mais um ano. De acordo com a diretora da FNazca, a fabricante de bebidas não permite que o valor do contrato seja revelado.

Lica Bueno afirma que a produção do programa da Rede TV chegou a pensar em colocar Michaela e Dominika no ar e “detonar” com as duas. “Mas a decisão (de tirá-las do ar) foi estratégica.” Ainda segundo a diretora da FNazca, a AmBev não tomou qualquer decisão no sentido de suspender ocontrato com o programa.

Segundo a reportagem, Michaela é a personal trainer Michaela Matejkova e Dominika é Alicia Seffras. As duas foram selecionadas na Europa para participar da ação da CBBP. Foram localizadas pela produção do Pânico em redes sociais na internet. A humorista Sabrina Sato, do Pânico, chegou a criar o bordão "libera a tcheca" ao aparecer com as duas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Isis Valverde arranca suspiros ao posar de biquíno: "verão, seu lindo"
CAPITAL
Idosos perdem mais de R$ 2 mil em golpe do falso sobrinho
COXIM
Jovem picada por cobra na região do Pantanal é socorrida por avião
17º DIA DE GESTÃO
Governador do Mato Grosso decreta estado de calamidade financeira
RIO BRILHANTE
Polícia investiga grupo que fez arrastão em cerca de 30 prédios
CINCO VAGAS
Tribunal de Justiça de Santa Catarina abre concurso a juiz substituto
TRÊS LAGOAS
PMR flagra dupla com mais de R$ 14 mil sem comprovação de origem
PRECAUÇÃO
Fux diz que, se não suséndesse investigação, provas seriam anuladas
SISU
UFGD divulga local de matrícula e lista de vagas por curso e modalidades
INOVAÇÃO
Comarca de Mundo Novo faz depoimento com intérprete de língua indígena

Mais Lidas

VINGANÇA
Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico
FRONTEIRA
Ex-candidato a prefeito, tio de narcotraficante é executado em Ponta Porã
DOURADOS
Homem danifica carro por vingança em estacionamento de hipermercado e acaba preso
PARANHOS
Operação contra traficantes que abasteciam morros cariocas prende dois em MS