Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
BRASIL

Alvo da PF, Bezerra põe o cargo de líder do governo no Senado à disposição

19 setembro 2019 - 15h50Por Agência Brasil

Após ter sido alvo de um mandado de busca e apreensão cumprido pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (19), o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), anunciou que colocou o cargo à disposição. Ele disse que quer deixar o presidente da República, Jair Bolsonaro, à vontade para decidir sobre a permanência dele na função.

"Eu já conversei, pela manhã, com o presidente [do Senado] Davi Alcolumbre e com o ministro da Casa Civil da Presidência da República, o ministro Onyx [Lorenzoni]. E tomei a inciativa de colocar à disposição o cargo de líder do governo, para que o governo possa, ao longo dos próximos dias, fazer uma avaliação se não seria o momento de proceder a uma nova escolha, ou não", disse.

O senador Bezerra Coelho disse que a operação de busca e apreensão em seus endereços foi um excesso.

Ainda segundo o senador, “todos” [no governo] estão querendo aprofundar a análise em cima do que baseou essas ações da PF as quais ele e o filho foram alvos, para que o governo possa se manifestar. Bezerra disse ainda que, independentemente de permanecer como líder do governo, pretende continuar auxiliando o Palácio do Planalto nas pautas de interesse do governo na Casa, como as reformas da Previdência e tributária e nas matérias que envolvem o pacto federativo.

Histórico

Na manhã de hoje (19), a Polícia Federal realizou buscas no gabinete de Bezerra e em seu apartamento em Brasília. O gabinete do deputado Fernando Filho (DEM-PE), filho do senador, também foi alvo de buscas, assim como endereços em Pernambuco ligados aos dois.

As ações fazem parte da Operação Desintegração, desdobramento da Operação Turbulência, e foram autorizadas pelo ministro do Supremo Tribunal federal (STF) Luís Roberto Barroso. A PF apura um suposto esquema de propinas pagas por empreiteiras que executaram obras custeadas com recursos públicos e que, supostamente, beneficiaram os parlamentares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

É LEI
Dia Estadual de Combate à Mortalidade Materna é instituído em MS
CAMPO GRANDE
Escolas particulares terão que encaminhar lista de material ao Procon antes de pedidos
SHOWBIZZ
Após 8 anos chega ao fim o casamento de Fernanda Souza e Thiaguinho
POLÍTICA
Câmara decide discutir prisão na 2ª instância após STF marcar julgamento
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende as comarcas de Japorã e Juti nesta semana
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta em dia de maior cautela no exterior
ITAQUIRAÍ
Inscrições para concurso com salários de até R$ 12 mil são prorrogadas
SELEÇÃO DE BASE
Seleção olímpica é derrotada para o Japão na Arena Pernambuco
CULTURA
Com orquestra de harpas, muita música e dança, 3º Festival Cultural do Chamamé foi destaque em público e negócios
SAÚDE
Dourados cede prédio no 4° Plano para implantação do Hospital do Amor

Mais Lidas

CLIMA
Previsão aponta dias chuvosos e queda de temperatura em Dourados
DOURADOS
Acionados para atender queda de moto, Bombeiros só encontram vítima no local
DOURADOS
Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte
MS
Idosa é atingida por jaca durante procissão e precisa ser socorrida