Menu
Busca sexta, 22 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221

Alunos da FEI constroem dois carros para competição Fórmula SAE Brasil

28 novembro 2012 - 16h15

#####Assessoria

De 30 de novembro a 2 de dezembro estudantes do Centro Universitário da FEI (Fundação Educacional Inaciana) estarão no ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo), em Piracicaba-SP, para disputar a 9ª Competição Fórmula SAE BRASIL-PETROBRAS. Dois protótipos, um a combustão e outro elétrico, categoria que estreia esse ano, foram projetados e desenvolvidos pelos estudantes da FEI.

A 9ª Competição Fórmula SAE BRASIL-PETROBRAS reunirá 600 universitários de 27 instituições de ensino superior do Brasil, vindos das regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste e organizados em 31 equipes e duas categorias.

Elétrico – O carro da equipe Fórmula FEI Elétrico, composta por cinco alunos dos cursos de Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica, é equipado com 15 baterias de lítio ferro fosfato (LiFeP04), que são as mesmas utilizadas em bicicletas elétrica. As baterias levam duas horas para serem carregadas e garantem autonomia de 25 km ou 27 minutos com o motor ligado. O monoposto atinge velocidade máxima de 90 km/h.

O veículo tem chassi tubular em aço 1020, placas de fibra de carbono e colmeia nomex com adesivo estrutural. A carroceria foi manufaturada em fibra de vidro e diversas peças em alumínio aeronáutico.

Combustão – O Fórmula FEI RS7 mudanças significativas no chassi e suspensão em relação ao seu antecessor, o RS6. O chassi do RS7 é o menor já construído pela equipe e, portanto, foi o subsistema que mais contribuiu com a redução de massa do veículo, que pesa 160 kg. Os amortecedores e molas estão posicionados na parte inferior do veículo. Com esse novo projeto e a posição mais baixa do motor, reduzimos ainda mais o centro de gravidade do Fórmula FEI, que era 240mm e passa a ser 225mm. Outra novidade é em relação ao comando de válvula do motor que foi substituído por comando de competição. “A mudança proporcionou ganho de 4 cv”, conta o capitão da equipe Lucas Kira, 24 anos, alunos do 10º ciclo do curso de Engenharia Mecânica Automobilística.

Já o motor conta com redimensionamento do radiador para redução de massa e dos coletores de admissão e escapamento para aumento de potência em médias e altas rotações. A injeção agora é a FT400, com touch screen e mais recursos que a anterior, FT300.

O veículo tem suspensões duplo A, rodas aro 10", pneus com composto supermacio, freios com pinças, discos e pastilhas projetadas pela equipe, motor monocilíndrico de 450 cc, com alterações para usar álcool, injeção eletrônica programável, controle de tração para aceleração e troca de marchas em plena carga. Com esse novo conceito na transmissão, o piloto pode trocar a marcha sem tirar o pé do acelerador, o que contribui para a redução do tempo de aceleração.

O carro também possui sistema de telemetria desenvolvido pela equipe, que permite a transmissão de informações sobre o funcionamento do carro durante o enduro entre box e veículo. Por meio do sistema, a equipe que está fora da pista recebe informações do carro, como velocidades das rodas dianteiras e traseiras em tempo real, e orienta o piloto por meio de rádio sobre a regulagem de balanço do freio, que pode variar durante uma prova e pode ser regulado pelo piloto durante a prova. Outras informações transmitidas das pistas para os boxes pelo sistema de telemetria são sobre rotação e temperatura do motor e do ar.

Na competição nacional da SAE BRASIL, o fórmula da FEI é pentacampeão brasileiro (2006, 2008, 2009, 2010 e 2011). Em junho deste ano, protótipo alcançou a 8ª colocação na classificação geral da Fórmula SAE de Lincoln, realizada em Nebraska, nos EUA. Essa é a melhor posição obtida até hoje por uma equipe brasileira nas competições da SAE International na modalidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Bruna Griphao deixa tanquinho à mostra durante passeio na cachoeira
RORAIMA
Venezuela fecha fronteira com o Brasil no horário determinado por Maduro
BR-060
Perseguição acaba com 3 presos e caminhonete com maconha apreendida
REPASSES
Ministro do STF dá mais um ano para Congresso regulamentar a Lei Kandir
CAPITAL
PM encontra saco com 78 quilos de maconha em terreno baldio
MEIO AMBIENTE
Duas jibóias e uma jararaca foram capturadas nesta quinta na Capital
UFGD
Trote do Bem aumenta o número de doadores de medula óssea
APOSENTADO
Sargento da PM pega 4 anos de prisão por matar mulher a tiros
DOURADOS
Guarda Mirim abre turma e recebe título de Utilidade Pública Estadual
MEC
Instituições federais de ensino de MS recebem R$ 2,61 milhões

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Prorrogadas inscrições em processo seletivo para contratação de Assistentes de Atividades Educacionais
MAIS UM
Délia exonera secretário de Saúde e adjunta assume o posto
TURISMO
Deputado "mata" trabalho para passar nove dias em peregrinação
AMAMBAI
Homem mata a ex-mulher a facadas na frente dos sete filhos