Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Advogado entra com pedido para libertar ex-jogador Edmundo

16 junho 2011 - 12h30

O advogado do ex-jogador Edmundo, Arthur Lavigne, apresentou ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por volta do meio-dia desta quinta-feira, pedido de habeas corpus para tentar libertar seu cliente, preso em São Paulo desde a madrugada de hoje.

Segundo o Tribunal de Justiça do Rio, o pedido ainda não foi distribuído aos desembargadores --portanto, não é possível saber quem será responsável por decidir se concede ou não a liberdade. Mas a distribuição vai ocorrer nas próximas horas e a decisão pode ser tomada ainda hoje.

O advogado Arthur Lavigne alega que a pena de Edmundo --condenado em 1999 a quatro anos e seis meses de prisão por responsabilidade em um acidente ocorrido em 1995 na Lagoa (zona sul do Rio) --já prescreveu.

O ex-jogador foi preso durante a madrugada desta quinta-feira, em um flat no Jardim Europa, zona oeste de São Paulo. A transferência será feita de carro, mas não foi informado quantos veículos e homens participarão.

Condenado pela morte de três pessoas em um acidente de trânsito ocorrido em 1995 no Rio, Edmundo teve a prisão decretada no último dia 14. Considerado foragido, ele foi localizado após uma denúncia anônima.

Edmundo aguarda a transferência, sozinho em uma cela da SIG (Setor de Investigações Gerais), da 3ª Delegacia Seccional Oeste de São Paulo. O local tem 2,5 metros2 e não tem colchão. O ex-jogador recebeu duas visitas hoje e comeu apenas o que foi levado pelas duas pessoas que se dizem "conhecidas" dele.

###PRISÃO

Os policiais chegaram ao flat por volta das 23h de ontem e confirmaram com funcionários a presença do ex-jogador no local. Edmundo, que estava sozinho no apartamento, tomou um banho e ligou para seu advogado antes de ser conduzido ao 14º Distrito Policial, em Pinheiros.

Segundo informações da Polícia Civil, o ex-jogador estava calmo e disse que aguardava orientações de seu advogado para se entregar.

Edmundo era considerado foragido. A Polícia Civil do Rio já havia realizado ontem buscas em ao menos quatro endereços à procura dele, sem sucesso.

Edmundo foi condenado em março de 1999 a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, por homicídio culposo e lesão corporal culposa, por conta de um acidente de carro ocorrido na Lagoa, zona sul do Rio, na madrugada do dia 2 de dezembro de 1995.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Mulher que entrou em briga de casal e matou homem diz que foi acidente
FUTEBOL
Aquidauanense vence o Operário na abertura das quartas do Estadual
DOURADOS
Agehab vai aos bairros para regularização de loteamentos sociais
PONTA PORÃ
Adolescente é apreendida com maconha que levaria para São Paulo
LUTO
Ator e diretor Domingos Oliveira morre aos 83 ans no Rio de Janeiro
FUTEBOL
Paquetá marca, mas Brasil só empata com Panamá em amistoso
BRASIL
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento
IVINHEMA
Médico veterinário morre em acidente de moto na MS-276
CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia