Menu
Busca segunda, 15 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
TRAGÉDIA

Acidente com nove veículos deixa ao menos quatro mortos em Goiás

08 outubro 2017 - 10h45Por G1

Acidente com nove veículos deixou ao menos quatro pessoas mortas na BR-153, em Mara Rosa, região norte de Goiás. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão envolveu oito veículos de carga e um carro de passeio, que pegaram fogo logo em seguida.

As múltiplas batidas aconteceram na noite de sábado (7), por volta das 20h20. São cinco caminhões, três carretas e um carro pequeno. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas foram carbonizadas. Todas elas eram ocupantes dos veículos pesados e ainda não foram identificadas.

Outras cinco pessoas foram socorridas com ferimentos leves e atendidas no local. Elas não tiveram de ser encaminhadas para o hospital.

A PRF suspeita que o acidente foi causado depois que uma das carretas fez uma ultrapassagem proibida no local. Inicialmente, duas carretas se envolveram na batida. Em seguida, os outros veículos também foram colidindo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL FEMININO
Operário e Comercial empatam e Moreninhas fica perto da decisão
CULTURA
Festival de Música começa 4ª-feira e traz a Dourados shows e concertos
ANGÉLICA
Prefeitura encerra amanhã inscrições para seleção com 31 vagas
MEIO AMBIENTE
Ambiental faz "batida" em três rios, apreende petrechos e solta pescado
POLÍTICA
Congresso se reúne quarta-feira e deve apreciar 16 vetos presidenciais
UFGD
Inscrições para fiscais no Vestibular terminam nesta segunda-feira
SEU DINHEIRO
Receita Federal paga hoje restituições do 5º lote do Imposto de Renda
CAMPO GRANDE
Policial aposentado morre quatro horas após se envolver em acidente
TEMPO
Segunda-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
FAMOSOS
Aline Riscado faz stand up paddle na piscina

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista sofre atropelamento e fica em estado gravíssimo
DOURADOS
Traficante que atuava com “disk drogas” é preso
TRAGÉDIA
Douradense morre em acidente no RS
DOURADOS
Dois são presos por promover festa para menores de idade “regada” com bebida alcoólica